Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Acusação de tortura

Penitenciária de Ribeirão Preto será investigada por tortura

A penitenciária de Ribeirão Preto será investigada. Promotores informaram que abrirão inquérito para apurar a existência de tortura no local. Cerca de 35 presos teriam sido espancados.

Segundo Ana Paula, coordenadora da Comissão de Direitos Humanos da OAB de Ribeirão Preto, a entidade vem recebendo denúncias de espancamento de presos há vários dias. Recentemente, novas acusações foram feitas por parentes de presos.

“Então organizamos uma comissão da OAB, enviamos um ofício ao Ministério Público que decidiu pela vistoria. No local, constatamos a existência de presos torturados”, diz a advogada. Ela afirma, ainda, que os espancamentos eram mais comuns na ala de seguro e enfermaria e praticados por agentes penitenciários. A informação é da Agência Estado.

Com indicação dos presos, foram encontrados e apreendidos pelo MP os objetos que estariam sendo utilizados na tortura, como barras de ferro e pedaços de madeira, em formato de bastão.

Revista Consultor Jurídico, 5 de fevereiro de 2007, 11h21

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/02/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.