Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Docinho mal

Estado da Geórgia proíbe doce de maconha em padarias

Por 

A Geórgia se tornou o primeiro estado dos Estados Unidos a ter uma lei que proíbe padarias e bares de vender chicletes, pirulitos e balas que tenham sabor de maconha. A lei foi sancionada na sexta-feira (2/2). Agora, quem for pego com o doce deverá pagar fiança de US$ 1 mil. As informações são do site Findlaw.

De acordo com o site, virou moda nos EUA os doces com o anúncio “sabor exclusivo de maconha”. Os mais vendidos são conhecidos como Kronic Kandy e Pot Suckers. Os fabricantes do produto alegam que as guloseimas não são feitas de maconha, mas de óleo de cânhamo, que é a semente da erva.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 5 de fevereiro de 2007, 9h37

Comentários de leitores

3 comentários

Dr. Rossi Vieira sabias palavras..! =]]

Alfaro (Estagiário - Administrativa)

Dr. Rossi Vieira sabias palavras..! =]]

Caríssimo Djalma, culto advogado a quem tenho i...

Rossi Vieira (Advogado Autônomo - Criminal)

Caríssimo Djalma, culto advogado a quem tenho imenso apreço, simpatia e admiração: Coca- Cola, na fôrmula original, deveria conter o princípio ativo da folha de coca. Com a repressão americana contra as drogas, acredito, a marca não traz em sua fôrmula o princípio da coca. Como você sabe, não sou nada convencional em matéria de legislação contra as drogas. Sou favorável ao livre consumo das drogas- seja lícita ou ilícita- sob o ponto de vista da manutenção da privacidade e independência de decisão de cada qual. Não vejo nada de mais o ser humano consumir droga ( lícita ou ilícita) e acho um absurdo, em pleno século XXI o Estado ditar normas do que se pode ou não consumir. Pode-se tomar uísque e não se pode consumir cocaína ? Pode-se tomar uma cervejinha e não se pode fumar maconha? A repressão norte americana, especialmente com relação a maconha e cocaína, não deu nada certo. Gastam-se bilhões de dólares com uma guerra similar àquela do Iraque e nada muda, naquele país o consumo de droga ilícita é superior a qualquer outro no mundo. Li uma pesquisa alemã em que coletaram as águas do rio,beirando Mahantan em Nova Iorque, e certificaram, através de leitura química, o consumo acima do esperado de cocaína, num final de semana naquela cidade. Ou seja, repressão, sem educação não leva nada pra ninguém. Muito menos prisão. Creio, em reposta à sua opinião, que a Coca- Cola não representa absolutamente nada no sentido de incentivar o uso da Cocaína. O hábito de tomá-la parece não ser bom. Mas nem de perto chega-se ao mau hábito de se aspirar cocaína. Abraço-o. Otavio Augusto Rossi Vieira, 40 advogado criminal em São Paulo.

Sabem a que pensamento me remeti ao ler essa ...

Dijalma Lacerda (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Sabem a que pensamento me remeti ao ler essa matéria ? Ao seguinte : o que significa o nome C O C A - Cola, qual é o seu efeito ? Alguém já se arriscou, alguma vez, contra os poderosos da marca, sob o fundamento de que ela incentivaria a manutenção em destaque de C O C A ? Gostaria de ouvir mais de nossos colaboradores deste espaço, desta revista, até porque, sei, há muita gente aqui que sabe muito mais do que eu, muito mais mesmo! Enfim, gostaria que viessem para cá as opiniões !

Comentários encerrados em 13/02/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.