Consultor Jurídico

Entrevistas

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Anuário da Justiça

Anuário da Justiça 2007 é apresentado nesta quarta em Brasília

O mais completo levantamento da geografia física e humana dos mais importantes tribunais do país foi apresentado nesta quarta-feira (29/8), em Brasília. Trata-se do Anuário da Justiça 2007, produzido pelos jornalistas do site Consultor Jurídico, com o apoio da Fundação Armando Alvares Penteado (Faap). A solenidade aconteceu no Anexo II do Supremo Tribunal Federal.

Estiveram presentes a ministra Ellen Gracie, os ministros João Otávio Noronha, Carlos Alberto Menezes Direito, Celso de Mello, Marco Aurélio, Gilmar Mendes, Cezar Peluso, Carlos Ayres Britto, Ricardo Lewandowski, Eros Grau. Também compareceram o advogado-geral da União José Antonio Dias Tóffoli e representantes da Faap: Américo Fialdini, diretor; Celita Procópio de Carvalho, presidente do Conselho de Curadores; e Antonio Bias Bueno Guillon, presidente da Faap.

O evento foi aberto pelo diretor do site Consultor Jurídico, Marcio Chaer “O anuário permite que se avalie os ministros pelo seu conhecimento técnico e não pela sua origem, crença religiosa, ou inclinação política”, disse o jornalista no discurso.

Ao longo de suas 306 páginas, a publicação retrata o perfil de mais de 60 ministros que compõem o Supremo Tribunal Federal, o Superior Tribunal de Justiça, o Tribunal Superior do Trabalho e o Tribunal Superior Eleitoral. Cada perfil mostra aos leitores como votam os ministros, como trabalham, como se relacionam com advogados e o que fazem nas horas vagas, entre outros detalhes.

Além disso, as 300 decisões mais importantes do STF e dos tribunais superiores, em 2006. A publicação revela, também, o ranking da inconstitucionalidade do país. E ainda: mostra quais são os estados que mais produzem leis que contrariam a Constituição, além de indicar o índice de inconstitucionalidade dos atos praticados pelo Congresso e pelo próprio Judiciário. De acordo com o levantamento, 85% das normas julgadas pelo Supremo são inconstitucionais.

A tiragem da publicação é de 35 mil exemplares. Encomendas podem ser feitas ao site Consultor Jurídico pelo email por e-mail. O Anuário da Justiça 2007 custa R$ 30.

Revista Consultor Jurídico, 29 de agosto de 2007, 20h31

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/09/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.