Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fraudes nos Correios

PF deflagra operação contra acusados de fraudes nos Correios

Cerca de 120 policiais federais fazem, nesta quinta-feira (2/8), a Operação Selo para combater a corrupção de funcionários públicos envolvidos em fraudes nos Correios. Estão sendo cumpridos 25 mandados de busca e apreensão e cinco de prisão.

Os suspeitos são acusados de fraudar licitações dos Correios desde 1994. As prisões estão sendo cumpridas no Rio de Janeiro e no Distrito Federal. Há mandados de prisão para serem cumpridos em Petrópolis, na região serrana do Rio e na capital. De acordo com o Departamento da Polícia Federal em Brasília, a ação é uma continuação das investigações iniciadas com o escândalo que envolveu Maurício Marinho, o ex-chefe do Departamento de Contratação e Administração de Material dos Correios.

Segundo o Departamento da Polícia Federal, os acusados corrompiam servidores dos Correios para que aprovassem compra de produtos com especificações abaixo das constantes nos editais de licitação. Com a fraude, as empresas ligadas ao grupo podiam oferecer os menores preços e, portanto, vencer a concorrência. Várias licitações estão sob suspeita. Em apenas uma delas, os Correios gastaram quase R$ 8 milhões para comprar cofres fora dos padrões de segurança exigidos. A baixa qualidade do produto foi comprovada em laudo pericial do Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federal.

Os mandados de busca e apreensão foram concedidos pela 10ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal e todos os presos serão encaminhados à Superintendência da Polícia Federal no Distrito Federal.

Revista Consultor Jurídico, 2 de agosto de 2007, 11h51

Comentários de leitores

1 comentário

A turma do LULA quer encher as burras mesmo e n...

Murassawa (Advogado Autônomo)

A turma do LULA quer encher as burras mesmo e não tem medo de nada, pois, mesmo depois de ter pego alguns o crime continua, sabe que nada vai acontecer.

Comentários encerrados em 10/08/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.