Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ensaio sociológico

Promotor lança obra com diagnóstico da corrupção no Brasil

A obra Corrupção e Direito Penal – um diagnóstico da corrupção no Brasil, da editora Quartier Latin, será lançada no dia 19 de setembro na livraria Fnac. O autor do livro é o promotor de Justiça Roberto Livianu.

A obra tem 224 páginas e, de acordo com o próprio autor, “é praticamente um ensaio sociológico sobre a questão”. Além de procurar identificar as raízes da corrupção e citar alguns dos principais casos ocorridos no país, o promotor compara a legislação brasileira que pune esse crime com a de outros países. Ele mostra também as vitórias obtidas no combate à corrupção no Brasil e no exterior.

“Apesar da inegável evolução nas três últimas décadas do século 20, a impunidade infelizmente ainda é a regra nos crimes do colarinho branco”, diz o autor.

O promotor adotou como ponto de partida para escrever o livro sua tese de doutorado “Controle penal da corrupção”, defendida em 2004 na Faculdade de Direito da Universidade São Paulo, sob orientação do professor Miguel Reale Júnior.

Perfil

Livianu é professor de pós-graduação em Direito Penal da Escola Superior do Ministério Público de São Paulo e de Mato Grosso. Dedica-se, também, aos cursos de pós-graduação da Coordenadoria Geral de Especialização, Aperfeiçoamento e Extensão da PUC-SP e de Direito Penal Sanitário no Curso de Especialização em Direito Sanitário, na Faculdade de Saúde Pública da USP.

Atualmente, integra o gabinete do procurador-geral de Justiça, onde coordena a Assessoria Especial de Comunicação e Relações Institucionais desde março de 2004.

Serviço

Lançamento do livro: Corrupção e Direito Penal — um diagnóstico da corrupção no Brasil

Data: 19/9

Horário: 19h

Local: Livraria Fnac, Avenida Paulista, 901

Revista Consultor Jurídico, 6 de setembro de 2006, 7h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 14/09/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.