Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Em defesa da honra

Supremo nega HC para empresário acusado de matar mulher

O empresário pernambucano Heleno Rodrigues ficará preso enquanto aguarda o julgamento pelo Tribunal do Júri. Ele é acusado de matar a mulher e está preso desde janeiro de 2005.

O pedido de Habeas Corpus foi negado pela 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal. A defesa do empresário alegava que o acusado estava sofrendo constrangimento ilegal, excesso de prazo para a prisão preventiva e falta de fundamentação para a custódia. Segundo seus advogados, Rodrigues matou a mulher em defesa da honra, pois acreditava que estava sendo traído.

Os argumentos não foram aceitos pela 1ª Turma do STF. Os ministros acompanharam o voto do relator, ministro Eros Grau. Para eles, a prisão deveria ser mantida devido à gravidade do crime, ao clamor social, à manutenção de ordem pública à garantia da instrução criminal.

HC 87.425


Revista Consultor Jurídico, 15 de março de 2006, 7h00

Comentários de leitores

1 comentário

Parabéns ao STF pela decisão. E aos advogados d...

 (Advogado Sócio de Escritório)

Parabéns ao STF pela decisão. E aos advogados de defesa meus pêsames. Já manifestei minha opinião outras oportunidades, "advogado que que litiga de má-fé ou que usa de meios não aceitos em direito" em defesa de seus clientes, deveriam ser presos juntamente com seus clientes. Meus caros colegas, o advogado é o primeiro juiz da causa, sabiam? Ou vocês faltaram nessa aula? Tenham paciência! MATAR EM DEFESA DA HONRA? A HONRA DE CADA UM SOMENTE ELE PODE MACULÁ-LA. A honra de cada um de nós, não pode depender das atitudes de terceiros para que se mantenha, vamos dizer, "LIMPA". Correto? Ainda mais que, no caso em comento, o acusado nem tinha certeza se estava ou não sendo traído. Imagina se as mulheres resolvessem matar todos os homens infiéis, em defesa da honra! Para com isso... Se o cara não tem alegações convincentes para se defender, deixe-o apodrecer na cadeia. É o que esse covarde merece! Ademais, acho que a vítima, assim como seus parentes merecem um pouco de respeito.

Comentários encerrados em 23/03/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.