Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Morte no ônibus

Acusados de incendiar ônibus são interrogados nesta quinta

Os seis acusados de atear fogo no Ônibus 350, que provocou a morte de cinco pessoas e lesões em outras 16 pessoas, serão interrogados pelo juiz Cairo Ítalo França David nesta quinta-feira amanhã (16/3), às 13 horas, no 2º Tribunal do Júri do Rio de Janeiro.

A prisão preventiva dos acusados foi decretada em 23 de fevereiro, quando a denúncia do Ministério Público foi entregue à Justiça carioca. Segundo o MP, os crimes foram praticados por motivo torpe, uma vez que ocorreu em represália à ação policial que culminou na morte do traficante Ciborgue, membro da quadrilha de Anderson, um dos indiciados.

São acusados do crime Anderson Gonçalves dos Santos, o Lorde; Alberto Maia da Silva, o Beto; Cristiano Dutra Medeiros; Sheila Messias Nogueira; Leonardo Messias Nogueira; e Márcia Neves Silva.

Eles respondem pelas cinco mortes e por 16 tentativas de homicídio.

Revista Consultor Jurídico, 15 de março de 2006, 19h42

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 23/03/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.