Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Questão de Justiça

Conselheiro da OAB fala sobre violência em São Paulo na TV

O conselheiro da OAB, Orlando Maluf Haddad, discute os ataques criminosos ocorridos em São Paulo na última semana no programa Questão de Justiça, nesta sexta-feira (26/5). Maluf Haddad deve analisar a atuação da Polícia paulista e o comportamento dos responsáveis pela segurança no estado.

O programa também vai abordar os incidentes na acareação na CPI do Tráfico de Armas dos advogados Sérgio Wesley da Cunha e Maria Cristina Rachado. Eles são acusados de comprar do ex-operador de áudio da Câmara Artur Vinícius Pilastre Silva duas fitas com a gravação dos depoimentos sigilosos dados à comissão pelos delegados Godofredo Bittencourt e Rui Ferraz Fontes, com. Acusado de desacato pelos membros da CPI, Sérgio Wesley da Cunha, que saiu algemado da sessão. O advogado foi solto depois de assinar termo circunstanciado.

Na segunda-feira (29/5), o convidado do Questão de Justiça será o presidente da subsecção de Guarulhos da OAB-SP, Airton Trevisan.

O Questão de Justiça é transmitido ao vivo pela AllTV , às segundas e sextas, a partir das 11 horas. O programa é retransmitido pelos canais 9 e 72 da NET e TVA São Paulo, Big TV Guarulhos (canal 20), TV Osasco (canal 6 da NET) e Eco TV (canal 96 da Vivax).

Revista Consultor Jurídico, 25 de maio de 2006, 20h46

Comentários de leitores

2 comentários

Caro Giovanneti: Achei sua visão um pouco "tor...

Airton Trevisan (Advogado Sócio de Escritório - Trabalhista)

Caro Giovanneti: Achei sua visão um pouco "torta". de fato, não encontrei, pelo menos nos sites da OAB Federal ou de São Paulo, advogado com o seu nome. De qualquer maneira, peço que conheça a missão da OAB: Leia os incisos I e II do art. 44 da Lei 8.906/94. De quebra, leia o artigo 3o. também. Abraços, Airton Trevisan

OAB: olhe e resolva primeiro os problemas da mo...

Giovannetti (Advogado Autônomo)

OAB: olhe e resolva primeiro os problemas da morosidade da justiça, e bem assim os inúmeros problemas que afligem o exercício profissional dos seus filiados. Chega de hipocrisia, chega de querer aparecer no cenário nacional. Primeiro represente com veemência aquele que realmente paga a unuidade.

Comentários encerrados em 02/06/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.