Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cadeiras vazias

Federação quer que delegados da Polícia Federal deixem o cargo

Por 

A Fenadepol — Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal está pedindo aos delegados da PF que coloquem seus cargos à disposição a partir do dia 20 de junho. A medida é uma maneira de forçar o governo a atender as reivindicações da classe.

A categoria pede que o governo federal defina um índice de reajuste para os delegados. Segundo a associação, nos bastidores do governo fala-se que já existe esta proposta, mas, até agora, nada foi apresentado.

Em assembléia no próximo dia 21, a federação também decidirá se vai acompanhar os agentes da PF caso eles entrem em greve. Até o dia 20, os agentes devem ter decidido se paralisam as atividades ou não.

Leia a íntegra dos ofícios

OFÍCIO CIRCULAR Nº 76/2006

Brasília, 08 de junho de 2006

Senhores Superintendentes,

Cada um dos Senhores à frente das respectivas unidades da Polícia Federal tem dado uma valiosa colaboração no comando das equipes, cujos trabalhos têm coroado de êxito a imagem da Polícia Federal. Nós que integramos a Casa sabemos que não existem ações isoladas e o que os méritos coletivos dependem de uma cadeia sistêmica onde se inclui o comando. Sabe-se que muitos Policiais cedidos para grandes operações ocorrem com sacrifício e prejuízo para as unidades pelos Senhores dirigidas. Não só, que a Polícia Federal é muito mais do que o que é mostrado pela mídia, que não reproduz o esforço de cada dia, onde de forma atuante aparece a figura dos Senhores Superintendentes.

Nossa questão salarial se arrasta há um ano e a proposta em vigor está longe de recompor nossos salários, muito distante da perda de paradigmas que tínhamos com outras carreiras jurídicas, sendo hoje uma das categorias que mais perdeu o poder aquisitivo do País. Não obstante, continua pendente se solução, mesmo com o aval do Diretor Geral e do Ministério da Justiça.

Entre as diversas formas estudadas para sensibilizar as autoridades quanto a nossa questão salarial, estamos tentando sensibilizar também Vossas Senhorias para num gesto mesmo que simbólico, coloquem o cargo à disposição a partir do dia 20 de junho, aconselhando que seus subordinados façam o mesmo, para demonstrar nossa indignação contra o tratamento desrespeitosos que vem sendo dado à Polícia Federal pelas autoridades da área econômica do Governo Federal.

Aguardamos sua honrosa resposta para o endereço fenadepol@fenadepol.org.

Respeitosamente,

Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal

Fenadepol

Diretoria Executiva

OFÍCIO CIRCULAR Nº 77/2006

Brasília, 08 de junho de 2006

Senhores Presidentes,

Solicitamos a especial atenção de Vossas Senhorias no sentido de estudar as possibilidades de convocar Assembléia Geral Extraordinária para o próximo dia 21 de junho de 2006 às 12:30 horas, para debater a seguinte ordem do dia:

1 – Aprovação de um ato de apoio aos Superintendentes Regionais e demais chefes para que coloquem os cargos à disposição, mesmo que de forma simbólica.

2 – Leitura de nota a ser emitida pela Fenadepol sobre a questão salarial.

3 – Votar se concordam em aderir à paralisação de ou greve caso as demais categorias deflagrem algum movimento nesse sentido até o final deste mês ou caso transcorra o prazo fatal da Lei Eleitoral sem que se defina a questão salarial.

Informamos que a data e hora é importante por conta dos feriados, jogos da Copa do Mundo e ainda para uma divulgação pela mídia.

Esclarecemos também que, na data de hoje passamos a enviar aos Superintendentes o ofício em anexo, tentando sensibiliza-los para que coloquem o cargo à disposição.

Respeitosamente

Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal

Fenadepol

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 12 de junho de 2006, 20h05

Comentários de leitores

6 comentários

A FEDERAÇÃO poderia divulgar os salários atuais...

Hernandez (Advogado Sócio de Escritório)

A FEDERAÇÃO poderia divulgar os salários atuais e a pretensão que está sendo levada por esse movimento, que conclama os delegados a deixarem seus cargos. Afinal, quanto ganha atualmente um delegado da Polícia Federal? E quanto quer ganhar?

Apenas mais um capítulo do massacre da burocrac...

semprebrasil (Advogado Autônomo)

Apenas mais um capítulo do massacre da burocracia contra o cidadão, contra o contribuinte.

Dr. Rossi e demais colegas de Conjur, Em ver...

DPF Adriano (Delegado de Polícia Federal)

Dr. Rossi e demais colegas de Conjur, Em verdade, a esmagadora maioria de policiais federais, entre Delegados, Agentes, Escrivães, Peritos e Papiloscopistas, são vocacionados à carreira policial. Com efeito, o que se busca não é uma outra carreira pública para se ter maiores salários. O que se quer é a valorização da carreira policial em todas as suas dimensões. E por óbvio, a questão salarial tem neste contexto alta ralevância. Respeitosamente, DPF Adriano

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 20/06/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.