Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Informação desprivilegiada

Gestores de Investvale são denunciados por enganar cotistas

O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro ofereceu denúncia à Justiça contra 13 diretores e conselheiros do Investvale — Clube de Investimentos dos Empregados da Companhia Vale do Rio Doce. Eles são acusados de alterações fraudulentas no estatuto do clube e de sonegação de informações relevantes aos cotistas. A denúncia foi apresentada pelo procurador da República José Augusto Vagos e será julgada pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

Os denunciados vão responder por dois crimes: gestão temerária (pena de dois a oito anos de reclusão) e indução de investidor em erro com sonegação de informações (dois a seis anos).

Segundo a denúncia, os fatos ocorreram em 2002 e 2003. O prejuízo ao clube passa de R$ 40 milhões. O Investvale foi formado para a participação de funcionários da Vale do Rio Doce na compra de ações em sua privatização.

O principal ativo do clube são ações da Valepar, sociedade fechada que controla a Vale. Como o patrimônio da Valepar é constituído de ações ordinárias da mineradora, os gestores do Investvale deveriam usar o valor de mercado desses papéis para estimar os valores das ações da Valepar e, assim, dos investimentos dos cotistas.

“Em sua maioria os acionistas da Vale que foram ludibriados pelos denunciados eram pessoas humildes, empregados de menor salário, que se viram obrigados a vender por preços baixos as suas cotas porque acreditavam que elas só teriam liquidez em 2009. E, não satisfeitos com o lucro extraordinário que obtiveram com essas transações, os denunciados ainda criaram uma remuneração descabida, que os tornou milionários da noite para o dia”, esclarece o procurador da República José Augusto Vagos.


Revista Consultor Jurídico, 5 de julho de 2006, 7h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/07/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.