Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Roubo milionário

Acusado de participar do assalto ao Banco Central deve ser solto

Marcos Ribeiro Suppi, acusado de participar do assalto ao caixa-forte do Banco Central em Fortaleza teve sua prisão preventiva revogada. A decisão, em caráter liminar, é do ministro Paulo Gallotti, da 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça.

O ministro destacou que o Superior Tribunal de Justiça já concedeu Habeas Corpus para outros dois acusados pelo roubo: José Charles Machado de Morais e Deusimar Neves Queiroz. Para Galotti não há fundamentação para manter a prisão preventiva e deve-se observar que o paciente não é acusado de participação direta no furto.

A defesa de Suppi entrou com pedido de Habeas Corpus para revogar a prisão cautelar do acusado, decretada pela Justiça Federal da 5ª Região (Recife). Ele é apontado como um dos responsáveis por retirar da cidade os R$ 164 milhões furtados.

O crime aconteceu em agosto do ano passado. A quadrilha arrombou o caixa-forte e fugiu com o dinheiro por um túnel de 80 metros, escavado em uma casa alugada a dois quarteirões de distância.

Revista Consultor Jurídico, 1 de julho de 2006, 7h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/07/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.