Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Crise na montadora

Ex-diretor do FBI auxilia DaimlerChrysler em investigação interna

Por 

O ex-diretor do FBI, Louis Freeh, está ajudando a montadora DaimlerChrysler AG numa investigação interna da empresa, que apura corrupção envolvendo seus empregados. Segundo o jornal Detroit News, o porta-voz da montadora, Han Tjan, que a empresa contratou o ex-diretor do FBI como “consultor externo” para as investigações.

Louis Freeh é membro da consultoria de segurança Gavel Consulting Group, montada por ex-juízes federais, e que se propõe a “dar conselhos estratégicos para corporações e escritórios de advocacia, antecipando ações nos negócios, em litigâncias e investigações”. O grupo Gavel é um sucesso estrondoso entre escritórios de advocacia dos EUA (http://www.gavelconsultinggroup.com/).

“Salientamos que se trata de uma investigação séria e que será feita dentro dos mais altos padrões éticos”, disse Han Tjan. Em 2004, a Comissão de Segurança do governo dos EUA abriu inquérito após um funcionário da DaimlerChrysler ter dito que foi demitido por reclamar que a companhia usava contas bancárias secretas para corromper membros do governo.

Em 2005, a DaimlerChrysler foi notificada de que o Departamento de Justiça dos Estados Unidos estava investigando executivos seniores da empresa. Em março passado, a empresa admitiu que uma investigação interna revelara “evidências de pagamentos impróprios na África, Ásia e Europa Oriental”. Já foram demitidos e suspensos vários empregados.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 27 de dezembro de 2006, 15h53

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/01/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.