Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Salvo pela súmula

Acusado de adulteração de veículo consegue liberdade

Rubens Emílio dos Santos Júnior, acusado de praticar crime de receptação e adulteração de veículos, vai responder ao processo em liberdade. A decisão é do ministro Cezar Peluso, do Supremo Tribunal Federal.

O ministro abriu exceção à Súmula 691, que determina ao STF não julgar Habeas Corpus quando o tribunal de origem não apreciou o mérito do pedido.

O ministro ressaltou que o acusado estava preso não por necessidade acauteladora, e sim para cumprir pena de uma “condenação ainda precária”, ou seja, passível de recurso. Peluso deferiu a liminar para que o acusado aguarde em liberdade o julgamento do mérito do HC ou até o trânsito em julgado de eventual condenação.

HC 90.112


Revista Consultor Jurídico, 13 de dezembro de 2006, 7h00

Comentários de leitores

1 comentário

O título "salvo pela súmula"não é correto, o qu...

HERMAN (Outros)

O título "salvo pela súmula"não é correto, o qual seria: "salvo, apesar da súmula". A súmula 691, impediria a análise do pedido liminar.

Comentários encerrados em 21/12/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.