Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Limpeza na Igreja

Bispo do Texas pede desculpas diante de acusações de pedofolia

Por 

O Bispo da Igreja Católica em Forth Worth, Texas, Dom Kevin Vann, começou a divulgar um pedido de desculpas, depois que um juiz revelou 700 páginas de documentos com investigações que acusam seis padres locais de abusarem sexualmente de menores. As informações são do site Findlaw.

“Quero reiterar que estou embaraçado, com o coração nas mãos, magoado e ao mesmo tempo enraivecido com os comportamentos descritos nesses documentos”, disse dom Kevin Vann.

Ele sucedeu o bispo Joseph Delaney ano passado, e agora revela que tenta exonerar os dois novos padres acusados no documento judicial, Philip Magaldi e Rudolf Renteria. “Eu lamento o dano causado até os dias de hoje por causa do abuso contra vítimas que estavam nas mãos de padres”, afirmou dom Kevin Vann.

Os arquivos judiciais mostram que o medo da má publicidade e o temor a ações civis milionárias influenciaram os líderes da diocese texana para que lutassem pela pulverização e ocultação de provas do caso. Os arquivos também revelam que o bispo Joseph Delaney, que era o cardeal responsável pela diocese de Forth Worth, intencionalmente confundiu o público, as congregações e os investigadores do caso.

No começo dos anos 90 Joseph Delaney, foi acusado de obstruir as investigações legais do caso. Os demais padres acusados são William Hoover, John Howlett, James Reilly e James Hanlon. Hoover, Reilly e Hanlon morreram. O padre John Howlett mora na Irlanda.

A vítima Rick LaChance, mais outros dez supostamente abusados, acusaram o padre James Reilly e semana passada ganharam ação civil contra a diocese no valor de US$ 1 milhão.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 3 de dezembro de 2006, 17h34

Comentários de leitores

3 comentários

Levando-se em conta que a maioria das crianças ...

Sil (Comerciante)

Levando-se em conta que a maioria das crianças que são abusadas sexualmente são meninas e sempre por um adulto heterossexual, utilizo-me do mesmo argumento para dizer que o problema maior da pedofilia está nos homens em geral, que dada a oportunidade, não hesitam em utilizar crianças para sua satisfação sexual. Ou alguém já ouviu falar em abuso sexual praticado por uma mulher, heterossexual ou não?

Entre outros erros de digitação: "barrados"...

Richard Smith (Consultor)

Entre outros erros de digitação: "barrados" e "menininhos", além de umas vírgulas a mais. Queiram desculpar, deve ser a velhice.

Cadeia para todos os safados! Nos Estado...

Richard Smith (Consultor)

Cadeia para todos os safados! Nos Estados Unidos os candidatos verdadeiramente vocacionados ao sacerdócio são barraos nos seminários, enquanto os homossexuais são acolhidos e estimulados, tanto que de há muito, ser Padre é considerado "profissão gay"!!! O resultado? Está ái, a vista de todos, centenas de escândalos ("É inevitável que ajam escândalos, mas ai daqueles por quem os escândalos vem. Melhor seria para eles que se lhes amarrassem uma mó ao pescoço e os atirassem ao mar!"). E as auoridades procuram varrer para baixo do tapete os escândalos para não terem que dar conta, como responsáveis pela escolha dessas pessoas absolutamente incompatíveis com o sacerdócio divino. E depois ainda vem os idiotas falar mal do celibato, responsabilizando-o por esta absurda situação. Não, o problema são os pederastas que gostam de mininhos. Se não houvesse celibato algum, eles ainda assim, procurariam, para molestar, o mesmo tipo de vítima e não pessoas adultas, do sexo oposto. Só não vê quem não quer!

Comentários encerrados em 11/12/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.