Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

CPI dos Correios

Deputados convocam mais um investigado como testemunha

Mais uma vez, uma CPI convoca um investigado para depor como testemunha. Dessa vez, é o doleiro Haroldo Bicalho e Silva, que depõe na CPI dos Correios às 10 horas desta quinta-feira (6/9). Ele pediu Habeas Corpus ao Supremo Tribunal Federal para depor como acusado, uma vez que já foi até indiciado.

Silva requer que lhe seja garantido o direito constitucional de se calar diante de perguntas que possam incriminá-lo. Ele também pretende ter a assistência de um advogado durante o depoimento.

O doleiro é investigado pela Polícia Federal na Operação Farol da Colina, que apura a remessa ilegal de dinheiro para o exterior. Segundo sua defesa, ele deve depor como investigado já que está sendo indiciado em inquérito policial pelos fatos investigados pela CPI.

HC-86.849

Revista Consultor Jurídico, 4 de outubro de 2005, 21h07

Comentários de leitores

1 comentário

Eles não aprendem. Ou será que fazem de propósi...

Marcos (Advogado Autônomo)

Eles não aprendem. Ou será que fazem de propósito?

Comentários encerrados em 12/10/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.