Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Regime fechado

TJ gaúcho condena homem que assaltou e tentou matar advogada

Márcio Silva da Silva, 22 anos, foi condenado essa semana por tentativa de homicídio qualificado e roubo. A pena é de 16 anos de reclusão, em regime fechado.

A decisão é da 2ª Vara do Júri do Foro de Porto Alegre (RS). A sessão foi presidida pela juíza Íris Helena Medeiros Nogueira.

Os jurados reconheceram que o réu investiu contra a advogada Ana Maria Godinho do Prado, munido de faca, na manhã de 3 de outubro de 2002, com objetivo de matá-la. Ele também roubou a bolsa da advogada, de acordo com os autos.

Ainda serão julgados Luís Fernando Ferreira da Silva -- que, segundo a denúncia, estava em companhia de Silva no momento do crime -- e a suposta mandante do crime, Nair Oliveira Morales, que tinha dívidas com a advogada. (TJ-RS)

Processo nº 111349610

Revista Consultor Jurídico, 13 de fevereiro de 2004, 13h33

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/02/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.