Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fora de sintonia

Vocalista do Twister quer anular condenação por tráfico

O vocalista do grupo Twister, Sander Ewerton Mecca, impetrou pedido de Habeas Corpus para que a ação penal por tráfico de drogas que lhe foi imputada seja anulada. Sander foi condenado a quatro anos de reclusão em regime fechado depois de ser flagrado carregando 10 comprimidos de LSD, oito de ecstasy e um papelote de cocaína.

Segundo os advogados do cantor, o princípio constitucional do contraditório não foi respeitado durante a ação penal, o que teria gerado enormes prejuízos ao réu. Ao ser preso, no dia 25 de outubro, em São Paulo, Sander declarou que a droga era para uso próprio. O relator é o ministro Carlos Velloso.

HC 85.301

Revista Consultor Jurídico, 20 de dezembro de 2004, 20h10

Comentários de leitores

2 comentários

Ismerino "Amigo": Corta essa de fã Clubezinh...

Gilberto Silva ()

Ismerino "Amigo": Corta essa de fã Clubezinho, coitado uma ova! Se fosse uma pessoa qualquer, seria dado uma mínima importância pelo "caso", e não passaria de mais uma notícia de "Cidade Alerta" isso sim! O cara queria "pagar" de o "Rei da Cocada Preta", acabou se ferrando, quem tem agravante OSTENTAÇÃO, só tem um caminho, ficar na mão dos outros! Mas, sobre tráfico aí essa foi "profunda" hein?

Meu amigo: Se esse rapaz que estava com essa q...

Ismerino José Mendes Junior ()

Meu amigo: Se esse rapaz que estava com essa quantidade de droga não era para traficar, então ele não poderia estar preso não ele já tinha falecido a muito tempo, 10 comprimido de lsd, esse ácido com 15 dias ele já vicia e corroi suas víceras; 08 de ecstasy o seu coração já tinha parado, o mais fraquinho e esse papelote de cacaína. Portanto coitado precisa é de tratamento.

Comentários encerrados em 28/12/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.