Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Operação Faroleiro

Polícia Federal faz busca em mais de 150 endereços, afirma MPF.

O Ministério Público Federal afirmou que a Operação Faroleiro, deflagrada na madrugada desta terça-feira (17/8) por forças-tarefa compostas de procuradores da República e policiais federais, está visitando mais de 150 endereços em sete estados.

As diligências cumprem ordens judiciais de busca e apreensão e mandados de prisão temporária expedidos contra doleiros envolvidos em esquemas de lavagem de dinheiro.

As operações são feitas em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Amazonas e Pará, e mobilizam 750 policiais e 18 procuradores da República. Coordenadas pela Força-Tarefa CC5 do MPF e da Polícia Federal, sediada em de Curitiba, elas contam com o apoio do procurador-geral da República, Claudio Fonteles.

A operação quer desbaratar núcleos de atividade criminosa comandados por doleiros de todo o país, com a apreensão de material e equipamentos que permitam confirmar as operações irregulares de câmbio que vêm sendo efetuadas através do sistema de dólar-cabo.

O sistema consiste numa relação de confiança entre doleiro e cliente: o doleiro recebe o dinheiro no Brasil e determina o depósito de igual quantia no exterior, sem qualquer registro pelo SisBacen, mas por meio de uma contabilidade paralela efetuada nos dois países.

As investigações tiveram impulso com a descoberta de uma conta, chamada de conta-ônibus: a Beacon Hill Service Corporation, mantida no J.P. Morgan Chase Bank em Nova Iorque. A conta-ônibus é uma espécie de conta maior por meio da qual são operadas inúmeras outras subcontas. As subcontas são utilizadas, em grande parte, por doleiros brasileiros para a administração e o repasse de remessas ilegais provenientes do Brasil.

Todos os doleiros presos serão ouvidos pelo MPF e PF e poderão colaborar relatando fatos sobre os esquemas de evasão de divisas. As investigações prosseguirão em cada estado pelas respectivas procuradorias da República. A operação pretende esclarecer os diversos elos das organizações criminosas, que atuam na remessa ilegal de divisas com o serviço de doleiros à margem do sistema oficial.

Revista Consultor Jurídico, 17 de agosto de 2004, 19h30

Comentários de leitores

4 comentários

Senhor Marco A. Oliveira (Bacharel em Direito ...

Ademir (Advogado Autônomo)

Senhor Marco A. Oliveira (Bacharel em Direito - — São José dos Campos, SP), o pior de tudo é que nossos tribunais não funcionam. Viu no que deu o direito adquirido dos inativos? Foi só uma conversa de pé de ouvido.(?). Como uma pessoa pode somar ao seu patrimônio, cem milhões de dolares como presidente de um Banco? E depois dizem que estão fazendo prisões em todo o País de doleiros. Ora, eles estão todos em Brasília...

O livro dos recordes tem de ser acionado... 10...

Alessandro Davis ()

O livro dos recordes tem de ser acionado... 103 mandatos de prisao, mais de 200 de busca... Esta saindo caro para muitas familias , tirar a atencao do publico, do "ministro do Bacen" e do Presidente do Banco do Brasil...Estes "doleiros" sao meros intermediarios, comerciantes de compra e venda de dinheiro. Quero saber, quem é o DONO DO DINHEIRO, que saiu do pais?? Bem com esta "fantastica" operacao, a CPI volta "para as origens" como disse alguem... Fico estarrecido, como o casuismo politico, interfere nas decisoes do judiciario,e como o pais afunda na fossa da truculencia e da tirania, numa fuga escandalosa ao "estado de direito". Deposito minhas utimas esperanca na defesa da constituicao, na sumula vinculante, e no STF,e que realmente o STF, tambem , ingresse no "livro do recordes" emitindo os devidos HCs de liberdade, para pessoas que , podem responder processos em liberdade, e nao para desviar a atencao do publico de "ministros". E digo mais, nao acredito nas alegadas alegacoes de irregularidades, dos presidentes do Bacen e do BB,e se forem , o forum competente para se investigar , é a policia, e nao o Congresso Nacional, as vesperas de uma eleicao... Para mim o trabalho da CPI e da policia, esta irremediavelmente prejudicado, com os abusos e os desrespeitos a constituicao, mas agora esta todo mundo tonto, para salvar as aparencias...Entao...vamos prender gente...Deixemos a politica fora deste assunto,entreguem o que nao for "fruto da arvore proibida"para a POLICIA, para depois o Ministerio Publico ,solicitar o oferecimento da denuncia,e tomar a medidas que jugar necessario, e o judiciario imparciamente, analisar as alegacoes do MP e dos advogados, e proceder o devido julgamento. Sou totalmente contra a impunidade mais gostaria de afastar o Brasil da China, que tem um dos mais vergonhosos e truculentos tribunais do mundo.

O livro dos recordes tem de ser acionado... 10...

Alessandro Davis ()

O livro dos recordes tem de ser acionado... 103 mandatos de prisao, mais de 200 de busca... Esta saindo caro para muitas familias , tirar a atencao do publico, do "ministro do Bacen" e do Presidente do Banco do Brasil...Estes "doleiros" sao meros intermediarios, comerciantes de compra e venda de dinheiro. Quero saber, quem é o DONO DO DINHEIRO, que saiu do pais?? Bem com esta "fantastica" operacao, a CPI volta "para as origens" como disse alguem... Fico estarrecido, como o casuismo politico, interfere nas decisoes do judiciario,e como o pais afunda na fossa da truculencia e da tirania, numa fuga escandalosa ao "estado de direito". Deposito minhas utimas esperanca na defesa da constituicao, na sumula vinculante, e no STF,e que realmente o STF, tambem , ingresse no "livro do recordes" emitindo os devidos HCs de liberdade, para pessoas que , podem responder processos em liberdade, e nao para desviar a atencao do publico de "ministros". E digo mais, nao acredito nas alegadas alegacoes de irregularidades, dos presidentes do Bacen e do BB,e se forem , o forum competente para se investigar , é a policia, e nao o Congresso Nacional, as vesperas de uma eleicao... Para mim o trabalho da CPI e da policia, esta irremediavelmente prejudicado, com os abusos e os desrespeitos a constituicao, mas agora esta todo mundo tonto, para salvar as aparencias...Entao...vamos prender gente...Deixemos a politica fora deste assunto,entreguem o que nao for "fruto da arvore proibida"para a POLICIA, para depois o Ministerio Publico ,solicitar o oferecimento da denuncia,e tomar a medidas que jugar necessario, e o judiciario imparciamente, analisar as alegacoes do MP e dos advogados, e proceder o devido julgamento. Sou totalmente contra a impunidade mais gostaria de afastar o Brasil da China, que tem um dos mais vergonhosos e truculentos tribunais do mundo.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 25/08/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.