Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

"Terminologia inaceitável"

Grampo mostra Jaques Wagner reclamando da OAB, e Lamachia rebate

Por 

Um dos grampos tornados públicos com o fim do sigilo do inquérito que investiga o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva mostra uma conversa dele com o ex-ministro da Casa Civil Jaques Wagner, na qual o político baiano reclama da Ordem dos Advogados do Brasil. Para o presidente do Conselho Federal da OAB, Claudio Lamachia, Wagner usou uma “terminologia inaceitável”.

Lamachia critica fato de Jaques Wagner ter xingado representantes da OAB.

Ao comentar a delação de Delcídio do Amaral, o ex-ministro da Casa Civil diz: “Terça-feira o filha da puta da OAB vai botar aqui dizendo que o Conselho da OAB acha que nesse caso”. Ele se refere ao fato de a entidade ter pedido acesso ao acordo de delação noticiado, então, pela revista IstoÉ. À época, Lamachia disse que, se fossem confirmadas as acusações de que a presidente Dilma Rousseff tentou interferir no andamento da operação “lava jato”, os advogados poderão protocolar um novo pedido de impeachment dela na Câmara dos Deputados.

O presidente da entidade se irritou com Jaques Wagner: “Os termos usados nesse áudio não se coadunam com a linguagem que altas autoridades da República deveriam ter ao se referir a uma instituição que, há 85 anos, presta importantes serviços à nação e à sociedade brasileira e, hoje, representa quase um milhão de advogados”.

Ouça o áudio:

 é chefe de redação da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 16 de março de 2016, 20h57

Comentários de leitores

15 comentários

A OAB precisa ser mais atuante e pragmática

J. Ribeiro (Advogado Autônomo - Empresarial)

Não se concebe uma OAB carioca nas mãos de políticos comprometidos com ideologias e partidos politicos, em detrimento dos advogados.
Um ex-presidente da república que fala abertamente que "o que que tem um presidente ganhar presentes", estimulando o parasitismo social, a mentira como instrumento de poder, a deseducação, a violência, a ignorância e a exploração da miséria.
Conseguiram transformar o governo numa espécie de cleptocracia, onde a mentira, a extorsão, a corrupção e a hipocrisia reina as escâncaras, é uma omissão que poderá custar muito caro para a imagem institucional da Ordem dos Advogados do Brasil.

OAB democrática?

Contrariado (Auditor Fiscal)

Tal como em '64, a OAB nacional se posta ao lado dos golpistas, fingindo não ver as ilegalidades que qualquer estudante de Direito observa de plano. Um ministro de Estado tem prerrogativa de foro (ver neste mesmo Conjur o artigo principal). Buscar os holofotes e incitar o golpe, como o fez o juiz Moro, é imoral e ilegal, visando apenas atender suas inconfessáveis motivações.

cala a boca Vasco

afixa (Administrador)

segunda divisão. Vai estudar!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 24/03/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.