Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Perdeu a imparcialidade

Leia a íntegra da petição de Lula à ONU questionando atuação de Sergio Moro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi à Organização das Nações Unidas questionar a isenção do juiz Sergio Moro para conduzir as investigações relacionadas a ele.

Na peça encaminhada ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, os advogados Roberto Teixeira e Cristiano Zanin Martins, do Teixeira, Martins & Advogados, José Roberto Batochio, do Batochio Advogados, e o inglês Geoffrey Robertson, alegam que Moro perdeu a imparcialidade para julgar Lula, e já formou a convicção de que ele é culpado dos fatos que lhe são imputados. E isso, segundo eles, viola o Pacto de Direitos Políticos e Civis.

A medida foi repudiada pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e pela Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe). De acordo com as entidades, a petição à ONU visa intimidar Sergio Moro e as investigações contra corrupção.

Mas a defesa do petista apontou que não está perseguindo o juiz da “lava jato” e buscando obstruir investigações. O objetivo da ida à ONU, segundo eles, é assegurar que as apurações sejam conduzidas com a observância do devido processo legal e das garantias fundamentais.

Clique aqui para ler a íntegra da petição à ONU.

Revista Consultor Jurídico, 1 de agosto de 2016, 13h18

Comentários de leitores

6 comentários

Piada política

amigo de Voltaire (Advogado Autônomo - Civil)

Pergunte-se entao ao queixoso se o fato dele desfrutar e praticar atos efetivos de proprietário de dois imóveis dos quais nega ser dono (por que será?) sao apenas devaneios ''políticos'' dessa marvada elite que nunca aceitou o fato dele ''enricar'' e negar até o fim.

É o cúmulo!

ssppidder (Escrivão)

Absurdo. Nunca vi uma associação de juízes, em plena democracia, repudiarem um recurso de cidadão a instância superior. A idade média usa toga.

Na Turquia

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Na Turquia o buraco é mais embaixo. As elites sempre roubam em qualquer situação, seja na democracia, seja na ditadura, seja lá o que for; suas sanhas são sempre roubar, fraudar, dominar, corromper, manipular, etc... Rui Barbosa sempre presente.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 09/08/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.