Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Política de Ordem

Advogado se apresenta como pré-candidato de oposição à OAB-RJ

Por 

Os advogados do Rio de Janeiro estavam contando que no dia da eleição para a seccional da Ordem dos Advogados do Brasil no estado veriam apenas um nome na cédula, o do atual presidente, Felipe Santa Cruz. No entanto, o pré-candidato à reeleição já contabiliza um opositor: Leandro Mello Frota. Especialista em Direito Público e diretor jurídico do Instituto Liberal, ele informou à ConJur que o candidato a vice-presidente na sua chapa será Bernardo Santoro — vice-presidente de Finanças do Botafogo clube de Regatas e presidente do Instituto Liberal, que tem em seus quadros administrativos o colunista da Veja Rodrigo Constantino. Mello Frota diz que já tem apoio em 10 subseções e de políticos, dos quais destaca o advogado e deputado estadual Flávio Bolsonaro (PP-RJ).


Concorrência alta
O ex-presidente da OAB-GO Ismar Estulano Garcia, em coluna no Diário da Manhã, afirma que as eleições à presidência da seccional da OAB em Goiás já têm três chapas definidas, sendo que os candidatos ao cargo principal serão Lúcio Flávio, Flávio Boanaduce e Enil Henrique. Lúcio Flávio é professor universitário, Flávio Boanaduce é palestrante e Enil Henrique é o atual presidente da OAB-GO. O veículo cita também a possibilidade de uma quarta chapa, ainda totalmente indefinida, mas que serviria para pulverizar ainda mais os votos.


Higiene eleitoral
Em artigo, o presidente da seccional da OAB em Alagoas, Thiago Bomfim, pediu que as eleições deste ano ocorram de maneira limpa, propositiva e respeitosa. “É possível um pleito propositivo e respeitoso, em que, apesar de combativo e por vezes acalorado, amizades sejam preservadas, reputações não sejam atingidas, inverdades não sejam assacadas, mas, sobretudo, em que a credibilidade e a imagem da instituição sejam preservadas por seus próprios integrantes”, cita no texto. Com informações do Extra Alagoas.


Perfis definidos
O Capital Teresina publicou um perfil sobre os três possíveis candidatos à presidência da seccional. São eles: Celso Barros Neto, Sigifroi Moreno e Chico Lucas. Celso Barros Neto foi classificado como o mais tradicional dos advogados, devido à força de sua família no meio jurídico piauiense. Chico Lucas foi citado como o jovem advogado que se lança presidente por causa do grupo que lidera, formado por jovens advogados, e por seu tempo de filiação à OAB (10 anos). Já Sigifroi Moreno foi mencionado como o candidato de um grupo que, após 10 anos administrando a OAB-PI, encontra dificuldades em se renovar. Uma pesquisa eleitoral, feita em abril deste ano com 300 advogados, apontou que Sigifroi venceria o pleito com 39% dos votos.


Medalhas no atacado
O Diário da Manhã liga o aumento de medalhas entregues pela seccional da OAB em Goiás ao ano eleitoral vigente. A notícia veiculada compara as 80 medalhas entregues em 2015 ao total concedido em 2012 (6), ano de criação da honraria. Também questiona os critérios de escolha dos agraciados. Anteriormente, a seleção era feita após consulta a uma comissão formada por sete pessoas. Hoje os presenteados são apontados apenas pelo presidente.


Pela transparência
Pré-candidato a presidência da seccional da OAB em Mato Grosso, o advogado Pio da Silva cobrou transparência da atual administração. Segundo ele, não é sabido quantos funcionários a OAB-MT emprega nem os vencimentos pagos. Em resposta, o atual presidente da OAB-MT afirmou ao site Midiajur que pretende receber Pio da Silva e que também é favorável ao fim da boca de urna.


Contratação de marqueteiros
Os pré-candidatos à presidência da seccional da OAB no Espírito Santo Luciano Machado, Santuzza da Costa Pereira e José Carlos Risk estão contratando marqueteiros para suas campanhas. Luciano Machado tem sido orientado pelos jornalistas Bete Rodrigues e Fernando Carreiro; Santuza, pela empresa Knowledge Media; e Risk está negociando a contratação da jornalista Flávia Mignoni, que foi a responsável pela campanha do ex-governador Renato Casagrande nas últimas eleições. As informações são do blog Bastidores, da Folha de Vitória.


Direito de resposta
Em resposta à nota publicada no dia 11, intitulada Queimando a largada, a assessoria de imprensa da seccional da OAB em Goiás esclareceu que os spots que estão sendo veiculados em rádios "integram campanha institucional da OAB-GO para valorização da advocacia, e não são, de forma alguma, via para promoção do presidente da entidade, Enil Henrique de Souza Filho”. Também informam que as campanhas institucionais são comuns e citam como exemplo a iniciativa "OAB Para Todos".

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 20 de agosto de 2015, 6h21

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/08/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.