Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Preso em Portugal

Acusado de estupro é extraditado para o Brasil

Um brasileiro acusado de estupro, preso no final de 2012 em Portugal, foi extraditado para o Brasil e está preso desde sexta-feira (8/3) na cadeia de Penápolis (SP). O acusado ficará preso preventivamente até ser julgado pelos crimes de roubo, sequestro e estupro. O inquérito policial está em curso. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo a Polícia Federal, a extradição foi autorizada pela Procuradoria da República de Portugal, após atuação do Ministério da Justiça e do Itamaraty em parceria com a Justiça portuguesa.

A prisão do acusado, em Lisboa, ocorreu uma investigação quase solitária do pai da vítima. Em 2005, sua filha caçula, então com 21 anos, estava com o namorado em uma avenida de Birigui (SP), quando dois homens abordaram o casal e os levaram de carro a uma rua vazia, onde ela foi estuprada.

Desde então, o pai começou a procura pelos agressores. Em 2007, o caso chegou a ser arquivado pela Justiça por falta de provas, mas manteve sua busca mesmo quando soube que o acusado estava morando na Europa e havia se casado com uma brasileira e tinha um novo filho.

Em sua investigação, o pai descobriu que, antes de viajar para Portugal, o acusado havia deixado um filho em Birigui. Com autorização da mãe e uma decisão judicial, em 2009 um exame de DNA provou que o pai da criança era a mesma pessoa que havia estuprado sua filha.

Com os resultados, a Justiça expediu um mandado de prisão em julho de 2010. A partir disso, foram pouco mais de dois anos até a Interpol (polícia internacional) capturá-lo em Portugal. O pai da vítima contou que a filha ainda sofre pelo crime e que ainda busca a segunda pessoa envolvida.

Revista Consultor Jurídico, 11 de março de 2013, 14h46

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/03/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.