Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Convocação de suspeitos

CPI do Cachoeira tem 500 pedidos à espera de votação

Prevista para terminar em 4 de novembro, a chamada CPI do Cachoeira, que investiga a existência de ligações criminosas entre políticos e o empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, ainda tem mais de 500 requerimentos esperando votação. A prorrogação do prazo da comissão só deverá ser decidida a partir da próxima semana, quando os trabalhos serão retomados.

Entre os requerimentos a serem votados estão os que pedem a convocação de suspeitos de manter relações com o suposto esquema criminoso, como os deputados José de Filippi (PT-SP) e Valdemar Costa Neto (PR-SP).

Há também requerimentos de convite para a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, e para o governador do Tocantins, José Siqueira Campos (PSDB), para dar explicações sobre contratos relacionados à construtora Delta, acusada de integrar a organização. Ainda há solicitações para colocar frente a frente o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), com suspeitos de representar os interesses de Cachoeira no governo goiano.

Quatro em cada cinco requerimentos que aguardam votação na CPI são de iniciativa de parlamentares de partidos de oposição, mas a maioria dos integrantes do colegiado é de partidos governistas. A CPI ficou pouco mais de um mês suspensa por causa das eleições municipais. Com informações da Agência Câmara.

Revista Consultor Jurídico, 3 de outubro de 2012, 19h46

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/10/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.