Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Indiciamento de depoentes

Relatório da CPMI do Cachoeira será entregue na terça

A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, volta a se reunir na próxima terça-feira (20/11) para a apresentação do relatório final dos trabalhos, elaborado pelo deputado Odair Cunha (PT-MG). No documento, com cerca de 2 mil páginas, o relator deve propor o indiciamento de todos os depoentes que ficaram em silêncio perante a comissão.

Parlamentares da oposição prometeram que vão apresentar um relatório paralelo. Eles querem que o Ministério Público Federal investigue o repasse de recursos da Delta Construções para, pelo menos, 12 empresas consideradas laranjas. O documento, que será encaminhado à Procuradoria-Geral da República, vai propor ainda que o MPF aprofunde as investigações contra os governadores do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), e do Tocantins, Siqueira Campos (PSDB).

De acordo com Odair Cunha, foram analisadas 69.694 páginas referentes a sigilos bancários, 11.333 folhas relativas a quebras de sigilo fiscal de 75 pessoas físicas e jurídicas e, ainda, 45.594 páginas de extratos de ligações telefônicas.

Mesmo sem adiantar pontos do parecer final, o relator disse que "será bastante contundente". Depois da apresentação do relatório final, será concedida vista coletiva para os membros da comissão, que terá até o dia 22 de dezembro para votar o relatório. Com informações da Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 18 de novembro de 2012, 16h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/11/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.