Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Evitar sumiços

Prefeito interino troca fechaduras de prefeitura

O juiz Eduardo Machado Rocha, que assumiu interinamente a administração de Dourados, em Mato Grosso do Sul, mandou trocar todas as fechaduras das portas da prefeitura. A notícia é do portal G1.

O magistrado justifica a medida como necessária para impedir o sumiço de documentos, já que a prefeitura está sob investigação depois que todo primeiro escalão da administração pública e a maioria dos vereadores foram presos por suspeita de fraudar licitações e se beneficiar com a cobrança de propina.

Apenas o juiz-prefeito, promotores de Justiça e pessoas de confiança de Eduardo Machado Rocha têm as chaves. Desde que assumiu, no sábado, o juiz-prefeito já nomeou novos secretários e anunciou que vai fazer auditorias para eliminar funcionários fantasmas.

De acordo com a PF, o esquema que levou à prisão dos administradores municipais era semelhante ao “mensalão”, pois consistia em pagar os vereadores da situação e da oposição propina para impedir que a CPI que investigava o prefeito, suposto “chefe” do esquema de corrupção, fosse concluída. Além disso, as licitações seriam direcionadas para empresas que financiavam as propinas mensais, compras de bens pessoais do prefeito e campanhas eleitorais.

Em 1º de setembro  foram detidos o prefeito, a primeira-dama, o vice-prefeito, o presidente da Câmara, mais nove vereadores, o advogado geral do município, mais quatro secretários municipais, assessor do prefeito, o diretor de departamento de licitações, gestor de compras da prefeitura, e empresários da região.

Na tarde deste domingo (5/9), mais três suspeitos de envolvimento no esquema de corrupção na Prefeitura de Dourados, em Mato Grosso do Sul, foram soltos. Dos quase 30 presos na operação da Polícia Federal, 16 foram soltos.

Revista Consultor Jurídico, 7 de setembro de 2010, 15h34

Comentários de leitores

2 comentários

Seis por meia dúzia

Simon Yaruk (Procurador Federal)

Fui ler mais na imprensa local e fiquei abismado. O tal Juiz-prefeito já determinou compras de milhares de reais sem prévia licitação.
A justificativa !!! situação de urgência e emergência !!!

Patriotismo

Armando do Prado (Professor)

Prefiro rosas, meu amor, à pátria,
E antes magnólias amo
Que a glória e a virtude.
Logo que a vida me não canse, deixo
Que a vida por mim passe
Logo que eu fique o mesmo.
Que importa àquele a quem já nada importa
Que um perca e outro vença,
Se a aurora raia sempre,
Se cada ano com a primavera
As folhas aparecem
E com o outono cessam?
E o resto, as outras coisas que os humanos
Acrescentam à vida,
Que me aumentam na alma?
Nada, salvo o desejo de indiferença
E a confiança mole
Na hora fugitiva.
Ricardo Reis (in Odes), um heterônimo de Fernando Pessoa
pescado do excelente Diário Gauche, apoiador de Dilma e Tarso Genro.
Patriotismo, é o último refúgio dos canalhas, segundo pensador inglês.

Comentários encerrados em 15/09/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.