Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Janela virtual

Presos podem falar com família por videoconferência

Os detentos instalados no sistema federal de presídios já podem conversar com familiares por meio de videoconferência.  Um convênio feito entre o Departamento Penitenciário Nacional e a Defensoria Pública da União permitiu que o recurso fosse instalado nos presídios de Catanduvas (PR), Porto Velho (RO), Campo Grande (MS) e Mossoró (RN). O ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, lança nesta sexta-feira (14/5) o projeto, batizado de Visita Virtual e Videoconferência Judicial. A parceria vai permitir a quase 500 presos rever parentes por meio de visitas virtuais.

Uma demonstração será feita durante o lançamento do projeto, quando a Defensoria em Brasília se comunicará com a Penitenciária Federal de Catanduvas por meio do equipamento chamado Codec, um monitor de 15 polegadas que reproduz som e imagem.

O objetivo é garantir o direito de visita aos presos, que muitas vezes têm família em outros estados. Cerca de 50% dos presos federais fizeram o pré-cadastro para receber visitas virtuais, escolhendo três pessoas, dentre familiares e amigos, para serem seus visitantes.

O projeto prevê não só as visitas virtuais, mas também assistência jurídica e interrogatórios por videoconferências, que promovem agilidade processual e economia nos gastos com transporte de presos para audiências. Com informações da Assessoria de Imprensa do Ministério da Justiça.

Revista Consultor Jurídico, 14 de maio de 2010, 15h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/05/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.