Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Recurso estratégico

Julgamento do casal Nardoni pode ser adiado pelo STF

Mais um capítulo no caso Isabella Nardoni. A defesa do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá entrou com um recurso no Supremo Tribunal Federal no fim da tarde desta segunda-feira (22/2). As informações são do site G1.

O advogado Roberto Podval, da defesa, pede a retirada da acusação de fraude processual contra os réus que são acusados de matarem a menina Isabella — crime de homicídio triplamente qualificado — e de terem limpado a cena do crime. No Habeas Corpus, Podval pede para o Supremo decidir antes do dia júri do casal. Ele contesta a versão de que Alexandre e Anna Carolina mexeram no apartamento para encobrir vestígios de sangue de Isabella.

Tal pedido pode acabar adiando o julgamento com júri popular que está marcado para o dia 22 de março, no Fórum de Santana, na Zona Norte de São Paulo. Isso porque, caso o pedido de revisão da acusação de fraude processual não seja julgado até o dia 22 do próximo mês, o Supremo pode conceder uma liminar suspendendo provisoriamente o júri. 

Isabella morreu no dia 29 de março de 2008, depois de cair do sexto andar do prédio onde moravam seu pai e sua madrasta, na zona norte de São Paulo. O casal foi preso em maio daquele ano e permanece na prisão desde então.

Revista Consultor Jurídico, 22 de fevereiro de 2010, 20h54

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/03/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.