Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Seguro-desemprego

PF faz operação contra acusados de fraude em saque

A Polícia Federal está cumprindo, nesta sexta-feira (5/2), 78 mandados judiciais expedidos pela 5ª Vara Federal em Cuiabá em uma operação que visa fraudes em saques de seguro-desemprego em nove estados: Mato Grosso, Minas Gerais, Rondônia, Goiás, Pernambuco, Rio Grande do Norte, São Paulo, Ceará e Paraíba. As informações são da Agência Brasil.

Entre as medidas, estão o cumprimento de 50 mandados de prisão temporária e 28 de busca e apreensão. Dos indiciados, três são ex-funcionários do Ministério do Trabalho e Emprego e dois são ex-funcionários da Caixa Econômica Federal.

De acordo com a PF, o esquema contou com a facilidade de acesso de empregados das duas instituições, que conseguiam informações sobre parcelas de seguro-desemprego para serem recebidas. Em seguida, eles falsificavam documentos pessoais dos que tinham direito ao benefício e sacavam o dinheiro. Quando o verdadeiro titular ia fazer o saque, descobria a fraude e o próprio Ministério do Trabalho e Emprego tinha que fazer o pagamento novamente.

Segundo a Polícia, os prejuízos ultrapassaram R$ 1,5 milhão por mês durante todo o período das investigações, que começaram em 2008. De acordo com a PF, apenas um dos fraudadores retirou, em um único dia, R$ 6 mil na Caixa Econômica Federal. Cada membro da quadrilha, diz a PF, lucrava de R$ 15 mil a R$ 20 mil por mês com os saques indevidos.

Revista Consultor Jurídico, 5 de fevereiro de 2010, 17h35

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/02/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.