Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Arte no Masp

Acusados de furto de obras são condenados em SP

Os quatro acusados de furtar obras de arte do Museu de Arte de São Paulo (Masp) foram condenados pela 18ª Vara Criminal de São Paulo. Robson de Jesus Jordão, Francisco Laerton Lopes de Lima, Moisés Manoel de Lima Sobrinho e Alexsandro Bezerra da Silva foram condenados a penas que vão de três a nove anos de prisão. Cabe recurso. As informações são do Uol Notícias.

As telas "O Lavrador de Café", de Cândido Portinari, e o "Retrato de Suzanne Bloch", de Pablo Picasso, foram furtadas do Masp e recuperadas pela polícia dias depois. A ação aconteceu pouco depois da troca de turno da segurança do museu e foi registrada por câmeras de segurança.

Os quadros estavam nas paredes de duas salas diferentes e foram levados com as molduras. No dia 8 de janeiro de 2008, a polícia recuperou os quadros em Ferraz de Vasconcelos (SP) e prendeu dois suspeitos.

Revista Consultor Jurídico, 6 de fevereiro de 2009, 18h46

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 14/02/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.