Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Dados cruzados

PF misturou dados de fundos, diz Opportunity

O Opportunity afirmou, em nota, que a Polícia Federal errou ao misturar dados de fundos nacionais com estrangeiros. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a PF iniciou indiciamentos em série de cotistas do Oportunity Fund.

Segundo o banco, houve erro na análise dos dados nas investigações da Operação Satiagraha, em que o banqueiro Daniel Dantas chegou a ser preso junto com outras pessoas. “Os investigadores da Polícia Federal cruzaram dados de movimentação do Opportunity Fund, fundo estrangeiro, com dados de fundos de investimentos nacionais”, disse o banco.

Segundo a nota, a pedido do delegado que deflagrou a operação, Protógenes Queiroz, os laudos da PF foram analisados pelo perito L. Nelson Carvalho, presidente do grupo Intergovernamental de Especialistas em Padrões de Contabilidade e em Relatórios Financeiros da Unctad. “Concluiu que a confusão entre as bases de dados invalidava todo o trabalho dos peritos. O próprio INC, Instituto de Perícia da Polícia Federal, desconsiderou as informações e a suposta lista de cotistas contida no laudo”, disse o Opportunity.

Na nota, o grupo também critica a PF por só mirar nas atividades do Opportunity. “O que é considerado irregular para ele [Opportunity] é tido como regular para todos os outros - 9.213 fundos abrigados nas Ilhas Cayman. Entre eles estão os geridos pela BB DTVM, Citibank DTVM, HSBC CTVM, Itaubank, Itaú, Santander, Deutsche Bank, Pactual, Credit Suisse DTVM, Banco Barclays, Credit Suisse Hedging-Griffo CV”, diz a nota.

Para o Opportunity, “ao deixar de lado as investigações sobre os demais fundos, torna-se claro que uma ala da Polícia Federal empenhou seu distintivo em uma ação persecutória”.

Segundo o Estadão, a PF indiciou dezenas de investidores, acusando-os de violação ao artigo 22 da Lei 7.492, de 1986, que prevê punição para operação de câmbio não autorizada, "com o fim de promover evasão de divisas do país".

Leia a nota

Em relação a nota intitulada “Satiagraha em movimento”, publicada pelo Consultor Jurídico, em 13.12.2009, baseada em texto do jornal O Estado de S.Paulo, do mesmo dia, é preciso esclarecer o seguinte:

A lei vale para um e vale para todos.

As atividades do Opportunity em Cayman não são criminosas. Muitos outros fundos atuam do mesmo modo.

O Opportunity estranha o seguinte: o que é considerado irregular para ele é tido como regular para todos os outros -- 9.213 fundos abrigados nas Ilhas Cayman. Entre eles estão os geridos pela BB DTVM, Citibank DTVM, HSBC CTVM, Itaubank, Itaú, Santander, Deutsche Bank, Pactual, Credit Suisse DTVM, Banco Barclays, Credit Suisse Hedging-Griffo CV.

Ao deixar de lado as investigações sobre os demais fundos, torna-se claro que uma ala da Polícia Federal empenhou seu distintivo em uma ação persecutória.

O Opportunity Fund é alvo da Polícia Federal desde 2000. Desde lá, processos em várias instâncias judiciais e administrativas foram abertos e arquivados por inexistência de crime e falta de provas.

Nas investigações da Operação Satiagraha houve erro na análise dos dados. Os investigadores da Polícia Federal cruzaram dados de movimentação do Opportunity Fund, fundo estrangeiro, com dados de fundos de investimentos nacionais: ou seja, cruzaram informações de bases diferentes como se tiradas da mesma. Assim, vários dados dos fundos nacionais do Opportunity apareceram, erroneamente, como se fossem supostos investidores do Opportunity Fund.

O perito L. Nelson Carvalho – presidente do grupo Intergovernamental de Especialistas em Padrões de Contabilidade e em Relatórios Financeiros da Unctad – analisou os laudos feitos pela polícia a pedido de Protógenes. Concluiu que a confusão entre as bases de dados invalidava todo o trabalho dos peritos. O próprio INC, Instituto de Perícia da Polícia Federal, desconsiderou as informações e a suposta lista de cotistas contida no laudo.

Mais sobre o Opportunity Fund:

O Opportunity Fund é um fundo de investimentos criado em 1992, com sede nas Ilhas Cayman.

A captação dos clientes do Opportunity Fund, pessoas físicas e jurídicas, é feita por bancos estrangeiros. Os dados são mantidos pelo banco RTA – “agente de registro e transferência” do fundo também situado em Cayman.

O banco RTA, assim, é o responsável pela verificação, o controle e a guarda da documentação cadastral dos investidores. É ele também quem cuida da aplicação dos procedimentos “conheça seu cliente” e de combate à lavagem de dinheiro.

O Opportunity Fund só aceita aplicações de bancos provenientes de países que fazem parte do “Schedule 3 Countries” – aqueles que possuem legislação e procedimentos de combate à lavagem e dinheiro reconhecidos internacionalmente.

O Opportunity não envia recursos de seus investidores para o exterior. O Opportunity é gestor de fundos nacionais e estrangeiros. As aplicações feitas por clientes no Brasil em fundos nacionais não são enviadas tampouco remetidas para o exterior. Os recursos são investidos em títulos e valores mobiliários negociados exclusivamente na Bovespa.

Abaixo, a lista de fundos de investimentos em Cayman que, mesmo com atuação similar à do Opportunity, podem atuar livres da perseguição policial disfarçada de investigação:


ADVIS EURO MULTI-STRATEGY FDAdvisor Administracao de Recursos Ltda
ADVIS HEDGE FUNDAdvisor Administracao de Recursos Ltda/Brazil
ADVIS MACRO BRAZIL FUNDAdvisor Administracao de Recursos Ltda/Brazil
ADVIS BRAZILIAN MANAGERSAdvisor Administracao de Recursos Ltda/Brazil
ADVIS BRAZILIAN FIXED INCOMEAdvisor Administracao de Recursos Ltda/Brazil
ADVIS BRAZILIAN EQUITIESAdvisor Asset Management
ARSENAL BRAZIL MULTI-MANAGERArsenal Investimentos Ltda
ARX BRAZIL FUND - LONG SHORTARX Capital Management Ltda
ARX BRAZIL FUND - L/S ENHANCARX Capital Management Ltda
ARX BRAZIL FUND - LONG ONLYARX Capital Management Ltda
ARX BRAZIL FND - MULTI STRATARX Gestao Internacional de Recursos Financeiros Ltda
BB FUND CLASS DBB DTVM SA/Brazil
BB FUND - CL F - BB AMERI RIBB DTVM SA/Brazil
BB FUND CLASS ABB DTVM SA/Brazil
BB FUND CLASS EBB DTVM SA/Brazil
BB FUND - CL R - EURO SHARESBB DTVM SA/Brazil
MERCURY INTERNATIONAL FD-QUEBresser Administracao de Recursos Ltda
MERCURY INTERNATIONAL FD-H EBresser Administracao de Recursos Ltda
MACRO HEDGEBresser Administracao de Recursos Ltda
G4 FUND SPC - BRAZIL MACROClaritas Administracao de Recursos Ltda
G4 FUND SPC - CLASS FOF EMMKClaritas Administracao de Recursos Ltda
G4 FUND SPC - GLOBAL MACROClaritas Administracao de Recursos Ltda
G4 FUND SPC - L/S - MKT NEUTClaritas Administracao de Recursos Ltda
G4 FUND SPC - BRAZIL EQUITClaritas Administracao de Recursos Ltda
G4 FUND SPC - CLASS FOF G7Claritas Investments SA
CONSTELLATION FUND SPC - BConstellation Asset Management Inc
CONSTELLATION FD SPC-EQUITConstellation Asset Management Inc
CSHG GLOBAL MACRO 90 FUNDCredit Suisse Hedging-Griffo
EM GALLEAS EQUITY FUND SPC-AEM Adm Carteiras Valores Mobiliarios Ltda
FAMA BRAZIL FUND - FUTWA VALFama Investments Overseas Ltd/Cayman Islands
FAMA BRAZIL FUND- EQ VALUEFama Investments Overseas Ltd/Cayman Islands
FAMA BRAZIL-STR EQ M/N HED-$Fama Investments Overseas Ltd/Cayman Islands
FAMA BRAZIL-STRIKER-EQ M/N-$Fama Investments Overseas Ltd/Cayman Islands
FAMA BRAZIL-REAL ESTATE-USDFama Investments Overseas Ltd/Cayman Islands
FAMA BRAZIL-FUTUREVALUE-USDFama Investments Overseas Ltd/Cayman Islands
GAP INTERNATIONAL INV FUND AGAP Advisors Cayman Ltd
EXPRESS FUND INTL SPC - RSRCGAS Investimentos Ltda
EXPRESS FUND INTL SPC - BRAZGAS Investimentos Ltda
GWI BRAZIL FUNDGWI Investment Management LLC
BRAX FUND-F-EQUITY CLASSJGP Global Gestao de Recursos Ltda
KONDOR FUND SPC - SP CLASS AKondor Administradora e Gestora de Recursos Financeiros Ltda
M SQUARE DIV SPC – LATAMM Square Investimentos Ltda/Brazil
M SQUARE BRAZIL VALUE FUND-AM Square Investimentos Ltda/Brazil
M SQUARE FUND LTDM Square Investimentos Ltda/Brazil
MAINSTAY FUND LTD - CLASS AMainstay Capital Management Ltd
MAUA BRASIL FUND LTD-AMaua Investimentos Ltda
SAFDIE LATAM FUND – USDMultifinance SA
THE NEST FUND LTD - L/S EQUINest Investimentos Ltda
NOBEL BRAZIL - NOBEL STRATEGNobel Asset Management SA
OPPORTUNITY HEDGE SUB-FUNDOpportunity Asset Management Inc
OPPORTUNITY BZ AGGRESSIVE EQOpportunity Asset Management Inc
OPPORTUNITY BRAZIL EQUITIESOpportunity Asset Management Inc
POLLUX BRAZILIAN EQUITIES-ADPollux Capital Administracao de Recursos Ltda
POLLUX GLOBAL EQUITIES FND-BPollux Capital Administracao de Recursos Ltda
POLLUX FUND LTD - CLASS APollux Capital Administracao de Recursos Ltda
POLO FUND - SERIES 1Polo Capital Management Ltd
Q1 GLOBAL FND SPC - CL MACROQuest Investimentos Ltda/Brazil
TATICA MULTI-STRATEGY LTDRahmani Fund Management Ltd
PACTUAL ABSOL RETURN FUND-AUBS Pactual Asset Management SA DTVM/Brazil
PACTUAL STAR MONEY MARKET FDUBS Pactual Asset Management SA DTVM/Brazil
PACTUAL STRATEGY FUND LTDUBS Pactual Asset Management SA DTVM/Brazil
PACTUAL SYMMETRY FUND LTDUBS Pactual Asset Management SA DTVM/Brazil
PACTUAL INFINITY FUND LTDUBS Pactual Asset Management SA DTVM/Brazil
UBS PACTUAL VALUE INV I SPCUBS Pactual Asset Management SA DTVM/Brazil
PACTUAL EQ FD SPC-T/R EQUITUBS Pactual Asset Management SA DTVM/Brazil
UBS PACTUAL TOP PICKS OFFSHOUBS Pactual Asset Management SA DTVM/Brazil
UNIFUND CAPITAL LTDUnifund Investment Funds/Cayman Islands
UNIFUND BRAZILIAN MANAGERSUni-Investment International Corp
UNIFUND BRAZILIAN BONDS-ORDUni-Investment International Corp
UNIFUND BRAZILIAN SHORT TERMUni-Investment International Corp
EMERGING ASSET-BACKED FD 2-AVision Investments LLP
VISION EMERG ASSET-BACKED 5Vision Investments LLP
VISION EMERG ASB FOUR SPC-P1Vision Investments LLP
VISION EMERG ASB FOUR SPC-P3Vision Investments LLP
VISION EMERG ASB FOUR SPC-P2Vision Investments LLP
VISION MULTI-STRATEGY FND-BVision Investments LLP
EMERGING ASSET-BACKED FUND-AVision Investments LLP
EMERGING ASSET-BACKED FD 3-AVision Investments LLP
VOTORANTIM OVERSEAS-INFINI-AVotorantim Asset Management DTVM Ltda
VOTORANTIM OVERSEAS FND-CL ZVotorantim Asset Management DTVM Ltda
VOTORANTIM OVERSEAS FND-CL CVotorantim Asset Management DTVM Ltda
UNIBANCO SMALL CAP BRAZIL BUAM-Unibanco Asset Management/Brazil
UNIBANCO SMALL CAP BRAZIL AUAM-Unibanco Asset Management/Brazil
ITAU EUROPA G S BRAZIL FXDUAM-Unibanco Asset Management/Brazil
ITAU EUROPA GEO SUMMIT INDEXUAM-Unibanco Asset Management/Brazil
BANCO ITAU EUROPA-US H YLD BUAM-Unibanco Asset Management/Brazil

Revista Consultor Jurídico, 15 de dezembro de 2009, 19h49

Comentários de leitores

1 comentário

Deixa ver se entendi direito

Santa Virgindade (Assessor Técnico)

A Polícia Federal misturou as estações. Confundiu tudo,ou seja, a lista era de clientes brasileiros, com dinheiro declarado no Brasil, comprando fundos acima relacionados que não são offshore. Então, pode-se concluir que fizeram uma transferência bancária para o Banco Opportunity, ou deram um cheque, ou deram dinheiro, para compra destes fundos.
Aí entende-se que: existe com certeza uma ordem ASSINADA dos clientes brasileiros da lista confundida da PF para aquisição destes fundos. Ahhhh!!!! Explicado então....Só mostrar tudo isto + o extrato bancário da conta que recebia as quotas do banco opportunity + IR dos clientes contendo estas cotas na relação de investimentos + declaração de rendimentos recebida do Opprotunity anualmente para efeito de IR e vamos festejar o enterro do inquérito.
Sr Delegado que confusão............
Poxa,porque demoraram tanto para explicar????Tá custando tanto esta investigação para a sociedade brasileira!!!!
Os outros bancos já podiam elaborar um HCFundo Imunidade para vender.As quotas rendem trimestralmente 80% de honorários advocatícios + 10% de confusão de nacionalidade + 10% liminar garantida nos STs e vem com passaporte brasileiro.
A foto, bem a foto....Humilde Sugestão....de um caminhão, aquele que levou a Satiagraha passear....

Comentários encerrados em 23/12/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.