Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Está solto

Edemar Cid Ferreira deixou penitenciária nesta quarta-feira

O banqueiro Edemar Cid Ferreira deixou a penitenciária José Augusto César Salgado, no Vale do Paraíba, por volta das 14h30 desta quarta-feira (23/8). O ex-banqueiro estava preso desde maio. Ele ficou 88 dias na penitenciária para presos especiais, onde também estão os irmãos Cravinhos e o ex-jogador Edinho, filho de Pelé. As informações são da Agência Estado.

Na terça-feira (22/8), o Supremo Tribunal Federal concedeu liminar para revogar a prisão do banqueiro. Edemar é acusado de gestão fraudulenta, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Dois advogados chegaram ao presídio para acompanhar a liberação de Edemar. Um deles falou rapidamente com a imprensa e informou que o banqueiro aguarda o julgamento do Habeas Corpus.

Para o advogado Sérgio Bermudes, que também defende o banqueiro, o HC está praticamente concedido e não há possibilidade de decreto para uma nova prisão preventiva. “Praticamente esta liminar mostra que já está definido o HC. Será uma formalidade. O STF cumpriu a Constituição que não permite que ninguém fique preso por fundamentos fúteis”, completou Bermudes.

Revista Consultor Jurídico, 23 de agosto de 2006, 18h29

Comentários de leitores

4 comentários

88 DIAS, SERÁ QUE EU LI ERRADO? QUE PAÍS É EST...

CELO (Estagiário - Criminal)

88 DIAS, SERÁ QUE EU LI ERRADO? QUE PAÍS É ESTE?

Não vejo diferença entre o ex- banqueiro e os i...

gilberto prado (Consultor)

Não vejo diferença entre o ex- banqueiro e os integrantes do crime organizado, o ex banqueri é acusado por gestão fraudulenta, lavagem de dinheiro e formação de quadrinha e vai responder o processo em liberdade.Caom o devido perdão da palavra,a corrupção se instalou tambem no judiciário

Digamos que num Pais em que os "per...

hammer eduardo (Consultor)

Digamos que num Pais em que os "perfumados" e "amigos do poder" raramente acabam no xilindró , a prisão por 88 dias do elemento em questão chega a ser digna de constar no Guiness Book of Records. Com certeza agora o estressado ex-banqueiro irá para algum SPA sossegado onde poderá recuperar suas energias em alguma banheira de ofurô cheia de sais e essencias exoticas. Pena que tal tipo de "tratamento" por parte de nossa Justiça(?) via de regra não esteja muito ao alcance da pobrada em geral. De Gaulle estava certo!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 31/08/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.