Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fim da agonia

Depois de 40 horas, repórter da Globo é libertado em SP

O repórter da TV Globo Guilherme Portanova foi libertado pelos sequestrados na madrugada desta segunda-feira (14/8). Ele passou cerca de 40 horas no poder dos criminosos, integrantes do PCC — Primeiro Comando da Capital.

No sábado (12/8), Portanova e o assistente técnico da emissora Alexandre Calado foram sequestrados. O auxiliar técnico foi libertado por volta das 22h30 de sábado, perto da sede da TV, na zona sul de São Paulo. Os criminosos exigiram que ele levasse um vídeo para exibição na emissora. Se a exibição não fosse feita, o repórter seria morto, segundo a ameaça. A exigência foi atendida na madrugada do domingo (13/8).

No vídeo, um homem encapuzado reclamou de maus tratos nas cadeias e no RDD — Regime Disciplinar Diferenciado. Trechos do comunicado foram extraídos de um parecer do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária do Ministério da Justiça. O trecho é o que expressa o argumento técnico contra o tratamento excepcional dado aos líderes do PCC.

Revista Consultor Jurídico, 14 de agosto de 2006, 2h46

Comentários de leitores

4 comentários

Meu caro Comentarista: "Ab initio": por "vag...

Richard Smith (Consultor)

Meu caro Comentarista: "Ab initio": por "vagabundo", termo genérico e depreciativo, entenda-se "marginal". Segundo: digo e repito, vagabundo não tem ideologia. Os supostos "suicidas" atacantes de dependências policiais eram meros "robôs" pés-de-chinelo, que deviam para os gerentes das "bocas" controladas pela facção. O amdorismo de alguns deles, principalmente passada a surpresa, é que propiciou o revide eficaz. De resto, ante a morte quase certa (se não fugir para o Nordeste, por exemplo) no caso de desobediência (o amigo vê como penas severas, eficazmente aplicadas produzem resultados impressionantes?!) e a pouco provável (confronto com a polícia) Realmente, como resultado dos confrontos, mudou de tática a facção, com ataques a alvos indefesos. Repito outra coisa; o vagabundo é como rato, quando cercado e com a bala comendo, corre a render-se, pusilanimamente! Digo e comprovo. Quanto o repórter, o que a Globo fez foi imensa e irresponsável "cagada", da qual veremos as conseqüências muito breve. Também repito: o "Picolézinho de chuchu" não poderia fazer muito mais do que fez, com as leis prisionais que aí estão e com os entendimentos maravilhosos que o Judiciário ainda abraça. Ainda hoje o Emmo. E Ddmo. Tribunal de Justiça considerou inconstitucional e desumano manter indivíduos como D. Marcola I na tranca dura. Como é que você acha que os marginais interpretam esses sinais?

Caro Richard Smith (Consultor), Embora eu ad...

Comentarista (Outros)

Caro Richard Smith (Consultor), Embora eu admita que seja desaconselhável negociar com criminosos, vamos aos fatos. Tendo-se em vista as últimas ações do PCC, fica realmente difícil de acreditar que o repórter sequestrado ainda estaria vivo caso a Globo não houvesse cedido à exigência imposta. No mais, não subestimemos o PCC. Segundo consta, para se ingressar no tal "partido", há batismo e juramento (ou pacto) irrevogável. Consta ainda que o PCC tem estatuto (inclusive publicado em Diário Oficial) e hierarquia de poder, além de regras próprias de funcionamento e - pasmem! - até mesmo código de "ética" (ao menos é o que consta em algumas reportagens independentes a respeito). Logo, o que se conclui é que - ao contrário do que o Sr. insinua (de que são simples vagabundos) - eles têm ideologia sim! Ou os atentados à bombas e os ataques praticamente suicidas de membros do PCC a delegacias e postos policiais (suicidas sim, por que muitos deles foram mortos logo em seguida) já não demonstraram que eles são capazes de dar a própria vida em prol da "causa"? Nós, enquanto membros do corpo social, podemos errar em tudo (pela inércia e omissão em vivermos em uma sociedade com a pior distribuição de renda do mundo e nada fazermos para mudar tal quadro, por habitarmos uma republiqueta das bananas que é campeã mundial de casos de prostituição infantil e do tráfico de mulheres, drogas e crianças, etc.), mas jamais devemos pecar por subestimar o inimigo, pois tal erro seria imperdoável (e está, de fato, o sendo, ao custo do massacre de várias vidas inocentes). Vamos analisar o problema em suas origens, sem nos esquecermos, é claro, de cobrar responsabilidades de quem governou o Estado nos últimos 12 anos (o picolézinho de chuchu e seus "companheiros" do PSDB/PFL), justamente o período de surgimento e fortalecimento do PCC. E que se explique ao país, de uma vez por todas, o que realmente quer dizer os bordões "choque de gestão" e "excelência administrativa", por que, com exceção do PCC, o povo paulista está tendo a nítida impressão de que não está havendo administração ou gestão alguma neste Estado, infelizmente... Esta é, data vênia, a minha opinião. Um grande abraço.

À Globo faltou, como resto a vários de nós mesm...

Richard Smith (Consultor)

À Globo faltou, como resto a vários de nós mesmos, pensar com frieza e mais adiante. Mais ainda, faltou uma determinada assessoria de quem entenda como o marginal pensa. O seqüestro, foi evidentemente, para forçar a divulgação das imagens, mais até do que o pueril texto, pois vivemos numa sociedade midiática - nunca é demais lembrar. Mais do que isso, fazer uma demonstração de força inequívoca, para toda a população. E assim, a "Líder de Audiência", irresponsavelmente, cedeu rapidinho (o câmera chegou às 23:30 à emissora, parece, e às 00:30 o "ultimatum" foi divulgado). Agora, vocês acham que os vagabundos iriam mesmo executar o refém?! No caso de uma firme negativa por parte da emissora, eles iriam negociar uma outra coisa, uma reportagem, dinheiro ou algo assim. Ficaria extremamente mal para eles o frio assassinato de um repórter da "Vênus Platinada", ainda mais um garoto. Vagabundo não faz nada fora de sua lógica própria. Vagabundo não é xiita! Não se explode em carro-bomba. É preciso separar uma coisa da outra. Agora é que nós vamos ver o que vai acontecer! As famílias dos próximos seqüestrados deverão ir pedir satisfações lá no "reino da cocaína", no Jardim Botânico. Simples assim. Ô Sociedade bunda-mole, até quando?! "Quoque tandem abutere, patientia nostra?"

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 22/08/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.