Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fraude na internet

PF investiga envio de e-mails falsos em nome do Supremo

A Polícia Federal investiga uma nova tentativa de fraudadores da internet de furtar dados armazenados nos computadores das pessoas. Dessa vez, o ataque atinge a instância suprema do Judiciário brasileiro. E-mails falsos em nome do Supremo Tribunal Federal estão sendo enviados pela rede com este propósito.

Segundo informações do STF, as mensagens informam que o destinatário está sendo processado por danos morais e físicos pela empresa Netsulpra Consulting. No final do e-mail, aparece uma orientação para que o usuário se justifique clicando num link. Provavelmente, ao clicar nesse link, um arquivo é instalado para capturar informações pessoais contidas no computador.

Para dar um aspecto mais realista, as mensagens reproduzem a logomarca e o padrão de texto utilizados no site do Supremo. O tribunal, no entanto, esclarece que não envia e-mails para pessoas não cadastradas nos seus sistemas. Os usuários do site cadastrados recebem e-mails referentes apenas a três serviços acompanhamento processual, informativo das sessões e últimas Notícias, e nunca trazem links para download.

Revista Consultor Jurídico, 10 de novembro de 2005, 21h36

Comentários de leitores

2 comentários

b

amorim tupy (Engenheiro)

b

Caros amigos. Fica aqui a adivertencia: Não s...

amorim tupy (Engenheiro)

Caros amigos. Fica aqui a adivertencia: Não so do STF como tambem estão enviando mensagem em Nome do STE dizendo que o titulo de eleitor foi cancelado. um abraço

Comentários encerrados em 18/11/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.