Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tráfico de drogas

Libanês condenado por tráfico pede que STF impeça sua expulsão

O libanês Ibrahim Choubasse, condenado a oito anos de reclusão em regime fechado por tráfico de entorpecentes, entrou com pedido de Habeas Corpus no Supremo Tribunal Federal para que possa permanecer no Brasil. Ele requer a suspensão do decreto presidencial que determinou sua expulsão do país.

Ibrahim Choubasse foi condenado a 13 anos de reclusão pela 5ª Vara Criminal de Guarulhos, Grande São Paulo, e depois teve sua pena reduzida a oito anos pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região.

A defesa argumenta que apesar de Choubasse tem um filho brasileiro nato e, por essa razão, não poderia ser expulso do Brasil. De acordo com a lei brasileira, quando o estrangeiro tiver filho brasileiro que, comprovadamente, esteja sob sua guarda e dele dependa economicamente, não pode ser expulso.

Os advogados sustentam, ainda, que o libanês é réu primário e tem residência fixa. O ministro Celso de Mello é o relator da questão.

HC 87.053

Revista Consultor Jurídico, 4 de novembro de 2005, 17h35

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/11/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.