Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Vestígios encontrados

PF flagra ex-policial civil queimando documentos de Valério

Um ex-policial civil foi flagrado, em operação do Ministério Público, da Polícia Civil e da Polícia Federal em Belo Horizonte, queimando documentos contábeis da DNA, uma das empresas do publicitário Marcos Valério, acusado pelo deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) de ser um dos operadores do “mensalão”.

Os documentos, que estavam sendo incinerados em uma casa em Belo Horizonte, foram apreendidos pela Polícia Federal e encaminhados para a Corregedoria da Polícia Civil. A polícia também encontrou armas, munições, granadas e explosivos no local.

De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério Público de Minas Gerais, o ex-policial trabalhou para Marcos Valério. O MP só se manifestará sobre o teor dos documentos encontrados depois da perícia.

Revista Consultor Jurídico, 14 de julho de 2005, 14h58

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/07/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.