Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Briga de galo

Tribunal de Justiça do Rio julga Habeas Corpus de Duda Mendonça

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro julga, nesta terça-feira (1º/3), o pedido de Habeas Corpus do publicitário Duda Mendonça contra a denúncia em que é acusado de formação de quadrilha, apologia ao crime e maus-tratos de animais. O publicitário pede o trancamento da ação em relação aos dois primeiros crimes.

A denúncia do Ministério Público contra Duda Mendonça foi aceita pelo juiz Joel Pereira dos Santos, da 26 ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, em dezembro. O MP denunciou também outras cinco pessoas: o vereador Jorge Luiz Hauat (Babu), José Daniel Tosi, Eduardo José de Arruda Buregio, Alberto Juramar Lemos Andade e Ademir Alamino Lacalle.

Todos eles foram presos em outubro do ano passado, flagrados pela Polícia Federal em uma rinha de galo. No clube onde foram encontrados, o publicitário e os demais envolvidos faziam competição com galos de briga, um dos hobbies preferidos de Duda Mendonça. Depois de pagarem fiança, o publicitário e seus amigos foram liberados.

Revista Consultor Jurídico, 28 de fevereiro de 2005, 19h26

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/03/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.