Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Prenda-me se puder

Ex-servidor condenado por peculato é repatriado da Noruega

O ex-servidor Roberto Lopetegui de Alencar Osório, condenado pela justiça brasileira por desvio de dinheiro e bens do Depósito Público do Rio de Janeiro, desembarcou nesta sexta-feira (4/6) no aeroporto internacional da capital carioca, depois de nove anos foragido no exterior. A extradição foi deferida pela Justiça da Noruega no último dia 7 de maio.

Roberto Osório chegou ao Brasil escoltado por agentes da Polícia Federal e da Interpol. Ele estava foragido desde 1995, quando foi condenado, pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, a dez anos de detenção, por cometer peculato (delitos praticados por funcionários públicos). De acordo com as investigações, Osório "causou prejuízo incalculável ao Erário", entre 1983 e 1987, ao desviar "uma fortuna" em jóias, barcos, carros e outros bens do Depósito Público do Rio de Janeiro.

Desde que deixou o Brasil, Osório viveu foragido em países como Moçambique, República de Botsuana, Namíbia, África do Sul, Dinamarca e Noruega. Para todos os referidos governos, o Ministério da Justiça solicitara a extradição, mas o ex-servidor sempre fugia antes da conclusão do processo. Em junho de 2001, Osório foi detido ao tentar deixar a Noruega, quando foi possível prosseguir com o processo de extradição.

Revista Consultor Jurídico, 4 de junho de 2004, 19h50

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/06/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.