Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Leilão de imóveis

Justiça vende dois imóveis de fraudador do INSS no Rio

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro devolveu mais R$ 900 mil aos cofres do INSS. O dinheiro arrecadado é referente a venda de dois imóveis do advogado Jorge Raymundo Martins em leilão feito pelo TJ-RJ.

O advogado foi condenado em 1992 a quatro anos de reclusão em regime inicialmente fechado por ter participado do esquema de fraudes nas aposentadorias do Instituto junto com Ilson Escóssia da Veiga, Nestor do Nascimento e Jorgina de Freitas. Ao todo, foram desviados mais de R$ 400 milhões. A Justiça conseguiu recuperar cerca de 20% do valor desviado.

O fraudador e sua família ainda moram na casa que foi vendida. O imóvel que tem uma dívida de IPTU de mais de R$ 70 mil foi vendido por R$ 440 mil. A casa fica no Condomínio Santa Marina, na Barra da Tijuca em um terreno de quase 700 m².

O apartamento também vendido fica na Rua Alberto Campos, em Ipanema, e está alugado por R$ 1,5 mil mensais. O imóvel estava avaliado em R$ 612 mil, mas foi adquirido por R$ 520 mil.

Revista Consultor Jurídico, 12 de março de 2002.

Revista Consultor Jurídico, 12 de março de 2002, 14h42

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/03/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.