Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Folha corrida

Sequestrador de Olivetto é terrorista procurado pelos EUA

Já em relatório produzido pelo Departamento de Estado dos EUA, em 1994, o líder dos seqüestradores do publicitário Washington Olivetto era apontado como um dos mais perigosos líderes terroristas do Chile.

Segundo o relatório, Mauricio Hernández Norambuena participou de ataques que feriram seriamente um diplomata americano, diversos atentados e o assalto de um foguete.

O grupo terrorista de Norambuena participou de bombardeios de igrejas, Mc Donald's e feriu 55 chilenos na década de 70 com onze explosões em apenas dois dias.

Na ocasião, o governo chileno prendeu alguns integrantes do grupo. O líder dos seqüestradores do publicitário foi um dos presos.

Segundo o documento norte-americano, a América Latina, à época tinha um dos níveis dos mais elevados da atividade internacional do terrorismo, apesar de um declínio de 30% em 1992.

Os alvos dos terroristas na América Latina, conforme o relatório, foram instituições, governo, e forças da segurança nos últimos anos. O relatório cita ainda atos de terrorismo no Peru, Colômbia e Nicarágua.

Revista Consultor Jurídico, 5 de fevereiro de 2002, 9h55

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/02/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.