Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cargo garantido

STJ mantém reintegração de investigador no cargo

O Superior Tribunal de Justiça manteve a reintegração do investigador de polícia de Santos (SP), Adalberto Jarro Bueno, no 2º Distrito Policial. O ministro Edson Vidigal rejeitou recurso ordinário impetrado pela Fazenda de São Paulo para barrar a reintegração do investigador. Ele é defendido pela advogada Tânia Lis Tizzoni Nogueira.

Bueno foi acusado de lesão corporal, cárcere privado e tentativa de extorsão. Mas foi absolvido por inexistência de crime.

Anteriormente, o ministro Fernando Gonçalves havia determinado a reintegração do investigador por entender que “aonde a Justiça Criminal se manifestou não cabe a ninguém mais se manifestar”. A Fazenda de São Paulo recorreu, mas não conseguiu reverter a sentença.

A advogada deve entrar com uma ação na Justiça para exigir o pagamento de salários durante o período de sete anos em que o investigador ficou afastado do Distrito Policial.

Processo 10654 SP

Revista Consultor Jurídico, 19 de agosto de 2002, 15h22

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 27/08/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.