Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Prisão preventiva

Decretada prisão dos envolvidos no desvio de verbas do TRT-SP

A 5ª Turma do Tribunal Regional Federal de São Paulo decretou, nesta terça-feira (13/3), a prisão preventiva do ex-senador Luis Estevão, a pedido do Ministério Público. Ele já foi detido e está sendo encaminhado para a carceragem da Polícia Federal em São Paulo.

Luis Estevão é acusado de estar envolvido no desvio de verbas do prédio do Tribunal Regional do Trabalho em São Paulo.

Além do ex-senador, também tiveram a prisão preventiva decretada os empresários Fábio Monteiro de Barros Filho, Pedro Rodovale e José Eduardo Corrêa Teixeira Ferraz. Todos eram ligados ao esquema que tinha no comando o juiz aposentado Nicolau dos Santos Neto, preso na Polícia Federal de São Paulo.

Revista Consultor Jurídico, 13 de março de 2001.

Revista Consultor Jurídico, 13 de março de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/03/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.