Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

De caso com a máfia

Astro de "Família Soprano" nega ter assaltado brasileiros

O ator Robert Iler, de 16 anos, astro de uma das séries de TV mais populares nos EUA, "Família Soprano", participou do assalto a dois adolescentes brasileiros em Nova York, na madrugada da última quarta-feira (4/7).

Iler faz o papel do filho único de um chefão da máfia, na série que é retransmitida no Brasil pela HBO.

O jornal The New York Times conta que, "segundo a polícia, o roubo aconteceu em frente a uma delicatessen na esquina da York Avenue com East 74th Street.

Iler e outros três jovens de 15, 16 e 19 anos, cercaram suas vítimas, um adolescente brasileiro em visita aos EUA, Tiago Cordeiro e outro, Eduardo Weiss, que reside na East 68th Street.

Um dos acusados, Michael Cournede, ordenou-lhes que passassem o dinheiro. Os outros três repetiram a ordem, perguntando em seguida: "Vocês querem morrer?"

Uma das vítimas entregou US$ 30 e Cournede enfiou a mão no bolso do outro brasileiro puxando sua carteira de onde tirou US$10, devolvendo-a depois.

Os quatro jovens fugiram em direção norte da York Avenue, e poucos minutos depois as vítimas fizeram sinal para um carro de polícia. Com os dois no banco de trás, os policiais deram uma busca na área, encontrando Iler e seus amigos sentados numa cerca de um parque. As duas vítimas os identificaram.

Se forem condenados por roubo em segundo grau, os três jovens maiores de idade podem pegar até 15 anos de cadeia.

O caso do quarto acusado, de 15 anos, será tratado numa Vara de Família. O advogado do artista disse que seu cliente estava de costas na hora do incidente, não viu nenhum roubo nem ouviu nenhuma ordem para que o dinheiro fosse entregue, declarando-se inocente. Iler que responderá também por porte de droga pagou uma fiança de US$ 2.500 na noite passada e foi solto.

Revista Consultor Jurídico, 9 de julho de 2001, 13h38

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 17/07/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.