Consultor Jurídico

Sob nova direção

Desembargador Paulo Galizia é eleito presidente do TRE-SP

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) elegeu nesta sexta (21/1), na primeira sessão plenária do ano, o novo presidente da corte, desembargador Paulo Galizia, e seu vice e corregedor, desembargador Silmar Fernandes. Eles dirigirão o tribunal no biênio 2022-2023.

Responsável por conduzir as eleições gerais deste ano no maior colégio eleitoral do país, Galizia destacou, em seu primeiro pronunciamento como presidente, que atuará para garantir "estabilidade, lisura, segurança e transparência" no pleito. Disse ainda ter "confiança" na Justiça Eleitoral, nos servidores, nas urnas eletrônicas e no sucesso das eleições.

Formado em Direito pela Universidade de São Paulo (USP), Galizia é mestre em Direito das Relações Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), tendo iniciado sua carreira na magistratura em 1985.

Em 2013, tornou-se desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), no qual integra a 10ª Câmara de Direito Público. No TRE-SP, atuou como juiz efetivo de 2011 a 2013, desembargador substituto de 2016 a 2019 e vice-presidente e corregedor entre 2020 e 2022.

Já Silmar Fernandes formou-se em Direito na Universidade Católica de Santos (Unisantos) e fez mestrado na Universidade Nove de Julho (Uninove). Em 2016, tornou-se desembargador do TJ-SP, onde atua na 9ª Câmara Criminal.

No TRE-SP, atuou como juiz efetivo entre 2013 e 2016 e foi membro da Comissão Permanente de Segurança entre 2020 e 2021. É também professor universitário e na Escola Paulista da Magistratura (EPM).




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 21 de janeiro de 2022, 20h34

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 29/01/2022.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.