Consultor Jurídico

O Povo e a Democracia

"Povo brasileiro jamais aceitaria retrocessos", diz Fux sobre atos de 7/9

Por 

"O caminho para a estabilidade da democracia brasileira não foi fácil nem imediato. Por essa razão, é voz corrente nas ruas que, na quadra atual, o povo brasileiro jamais aceitaria retrocessos", disse nesta quinta-feira (2/9) o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux. A liberdade de expressão, segundo ele, não comporta ameaças.

Na abertura da sessão da Corte, ele fez um pronunciamento sobre as manifestações esperadas para 7 de setembro e convocadas pelo presidente Jair Bolsonaro e seus apoiadores.

Fux diz que povo não aceitará retrocessos

Segundo Fux, o STF confia em que os manifestantes agirão com "senso de responsabilidade cívica e respeito institucional, independentemente da posição político-ideológica que ostentam". Ele acrescentou que, em um ambiente democrático, manifestações públicas são pacíficas.

"Por sua vez, a liberdade de expressão não comporta violências e ameaças. O exercício de nossa cidadania pressupõe respeito à integridade das instituições democráticas e de seus membros", salientou.

Ainda de acordo com o ministro, "a crítica construtiva provoca reflexões, descortina novos pontos de vista e convida ao aprimoramento institucional. A crítica destrutiva, por sua vez, abala indevidamente a confiança do povo nas instituições do país".

Clique aqui para ler a manifestação de Fux




Topo da página

 é correspondente da revista Consultor Jurídico em Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 2 de setembro de 2021, 15h20

Comentários de leitores

3 comentários

Povo brasileiro ...

Arlete Pacheco (Advogado Autônomo - Trabalhista)

O senhor Presidente da República, legalmente eleito, é bom ser lembrado, disse com todas as letras que estão convidados os senhores ministros, os parlamentares, os governadores e os prefeitos que quiserem comparecer e se manifestar na festa do dia 07 de setembro, e que lhes será dada e garantida a palavra. Portanto, senhor Fux, ao invés de tecer críticas e se acomodar entre quatro paredes, compareça e se dirija ao povo para falar e também ouvir. Leve também seus colegas. Não se deve fazer como cachorro que late, late e se esconde quando chegam perto!

Perfeito

Rejane G. Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Assino embaixo do inteiro teor do comentário da Dra. Arlete Pacheco.

Retrocesso?

George (Advogado Autônomo)

Não Fux!
o povo não aceita mais é um Orgão Judicial que não cumpre a CF!
um Órgão judicial que manda prender, abre processo de ofício, investiga e Julga!
isso que não é aceito!

Comentários encerrados em 10/09/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.