Consultor Jurídico

Impacto da Epidemia

Covid-19 foi a principal causa de acidentes de trabalho no terceiro trimestre

Cerca de 10% dos acidentes de trabalho do país no terceiro trimestre do último ano ocorreram devido à Covid-19. Entre julho e setembro, 10,8 mil trabalhadores foram afastados pela doença — um aumento de 246% com relação ao segundo trimestre. As informações são do Valor Econômico.

Covid-19 afastou 10,8 mil trabalhadores no terceiro trimestre de 2020 Kateryna Kon

A alta de acidentes vem acompanhada do aumento de casos de Covid-19 no Brasil: o terceiro trimestre registrou 143% mais casos do que o segundo, com 3,4 milhões.

A maioria dos funcionários afastados foram da área da saúde. Somados, técnicos de enfermagem, enfermeiros e auxiliares de enfermagem representaram 57% do total de acidentes no período, com 6,2 mil. Em seguida vieram os trabalhadores de frigoríficos, com 2,8 mil afastamentos. 73% do total dos acidentes envolveram mulheres, o que pode ser explicado pela participação feminina de 80% na categoria de atendimento hospitalar.

A cidade com o maior número de afastamentos pela doença foi São José do Rio Preto (SP) — a terceira cidade com mais casos de Covid-19 no estado em 2020. O município de 465 mil habitantes teve 1.260 afastamentos do tipo (6,4% do total de infectados), todos ligados à área da saúde. Os 951 acidentes por outras causas representam número idêntico ao mesmo período em 2019. Já a capital paulista teve três vezes menos registros ligados à doença no período: 487.

Três Passos (RS) se destacou pela alta porcentagem de casos de Covid-19 no município que geraram acidentes de trabalho: 49% (328 casos), todos com funcionários de frigoríficos.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 12 de janeiro de 2021, 9h41

Comentários de leitores

0 comentários

Ver todos comentáriosComentar