Consultor Jurídico

Novo ano

André Godinho é reconduzido ao cargo de ouvidor do CNJ

O conselheiro André Godinho foi reconduzido, nesta terça-feira (1º/12), ao cargo de ouvidor-geral do Conselho Nacional de Justiça. Será o segundo ano dele à frente do cargo.  

Conselheiro André Luiz Guimarães Godinho
Gláucio Dettmar/CNJ

André Godinho foi conselheiro federal da OAB nos biênios 2013/2015 e 2016/2018. Atuou ainda como presidente da Comissão Nacional das Sociedades de Advogados e como representante institucional do Conselho Federal da OAB perante o CNJ, em 2015. 

É graduado em direito pela Universidade Católica do Salvador (UCSAL), com especialização em processo civil. Tem pós-graduação, pela Fundação Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia (UFBA); e em direito eleitoral pela Fundação César Montes da Universidade Maurício de Nassau. Apresenta também mestrado em história do direito pela Universidade de Lisboa.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 1 de dezembro de 2020, 20h12

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/12/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.