Consultor Jurídico

Candidato único

Florisvaldo Fiorentino é o novo defensor público-geral de SP

Florisvaldo Antonio Fiorentino Júnior é o novo Defensor Público-Geral de São Paulo
Divulgação

O governador de São Paulo, João Doria, nomeou nesta segunda-feira (27/4) Florisvaldo Antonio Fiorentino Júnior como Defensor Público-Geral para o biênio 2020/2022.

Florisvaldo foi candidato único para eleição de seus pares na carreira. Recebeu 575 votos, cerca de 76% de um total de 751. Desde 2016, Fiorentino atua como 3º Subdefensor Público-Geral do Estado.

Antes da nomeação, o governador o recebeu para uma audiência no Palácio dos Bandeirantes que também contou com a participação do atual defensor geral, Davi Depiné. Também participaram da reunião o vice-governador, Rodrigo Garcia, e a Procuradora-Geral do Estado, Maria Lia Porto.

"Sinto-me honrado e motivado pela confiança depositada por meus colegas para encarar os desafios à frente da Defensoria Pública-Geral. Nosso objetivo maior é manter a trajetória de fortalecimento contínuo da Defensoria Pública, cada vez mais atuante na defesa da população carente", comentou no novo defensor geral.  O mandato se inicia em 16 de maio.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 28 de abril de 2020, 18h32

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/05/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.