Consultor Jurídico

Notícias

Pleito remarcado

TJ-BA marca para quarta-feira eleições para presidência da corte

Tribunal de Justiça da Bahia teve a data das eleições definidas na última quarta (27/11)
Nei Pinto / TJBA

As eleições para Mesa Diretora do Tribunal de Justiça da Bahia vão ocorrer na próxima quarta-feira (4/12).

A data foi definida em reunião presidida pelo desembargador Augusto de Lima Bispo que ocupa interinamente a presidência da corte baiana. A reunião ocorreu nesta nesta quarta-feira (27/11).

Bispo ocupa a presidência do TJ-BA desde o afastamento do então presidente Gesivaldo Nascimento Brito por determinação do ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça, em inquérito que apura um esquema de fraude e grilagem em disputa de terras em uma área de mais de 300 mil hectares no oeste da Bahia. Além de Brito, mais três desembargadores foram afastados pela decisão.

A lista dos candidatos permanece a mesma homologada na sessão plenária do dia 13 de novembro e o TJ-BA aguarda o posicionamento do Conselho Nacional de Justiça sobre as candidaturas de dois desembargadores afastados.

Para cada cargo será eleito o desembargador que obtiver a maioria absoluta dos novos. A eleição será em escrutínio secreto, para cada um dos cargos, observada esta ordem: Presidente, Vice-presidentes e Corregedores. Todos serão eleitos por dois anos, vedada a reeleição.

Veja a lista das candidaturas homologadas:

Presidência: Desembargadores José Olegário Monção Caldas, Rosita Falcão de Almeida Maia, Lourival Almeida Trindade, Maria da Graça Osório Pimentel Leal e Carlos Roberto Santos Araújo

1ª Vice-Presidência: Rosita Falcão de Almeida Maia, Carlos Roberto Santos Araújo, Heloisa Pinto de Freitas Vieira Graddi, Cynthia Maria Pina Resende e Jefferson Alves de Assis.

2ª Vice-Presidência: Carlos Roberto Santos Araújo, Cynthia Maria Pina Resende, Jefferson Alves de Assis, Nágila Maria Sales Brito e Augusto de Lima Bispo.

Corregedoria Geral da Justiça: Carlos Roberto Santos Araújo, Cynthia Maria Pina Resende, Jefferson Alves de Assis, Nágila Maria Sales Brito e José Alfredo Cerqueira da Silva.

Corregedoria das Comarcas do Interior:  Carlos Roberto Santos Araújo, Jefferson Alves de Assis, Nágila Maria Sales Brito, José Edivaldo Rocha Rotondano e Márcia Borges Faria.

As candidaturas dos desembargadores José Olegário Monção e Maria da Graça Osório Pimentel Leal — afastados pelo ministro Og Fernandes — dependem de posicionamento do CNJ. 

Revista Consultor Jurídico, 28 de novembro de 2019, 11h17

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/12/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.