Consultor Jurídico

Notícias

Golden shower

Ação popular pede que Bolsonaro retire do ar vídeo obsceno do carnaval

Por 

Chegou à 1ª Vara Cível Federal de São Paulo, nesta quarta-feira (6/3), ação popular para que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) apague de sua conta oficial no Twitter vídeo obsceno gravado durante o Carnaval. 

Antonio Cruz/Agência BrasilBolsonaro atacou diretamente patrimônio cultural brasileiro, diz ação

O presidente, já conhecido por suas tentativas de governança online, usou as redes sociais para criticar o carnaval com um vídeo em que um homem aparece introduzindo um dedo no próprio ânus e, logo depois, outro homem urina em sua cabeça.

No post, o presidente disse que não se sentia confortável em mostrar o vídeo, mas deveria "expor a verdade para a população ter conhecimento e sempre tomar suas prioridades (sic). É isto [o] que tem virado muitos blocos de rua no carnaval brasileiro".

Mais tarde, Bolsonaro perguntou "o que é golden shower", uma prática sexual, enquanto a hashtag "goldenshowerbolsonaro" se destacava entre os temas comentados no Twitter. O comentário do presidente repercutiu na mídia nacional e internacional durante todo o dia.

Na ação popular, os advogados Marcelo Feller, Ricardo Amin Abrahão NacleJosé Carlos Abissamra Filho apontam que o presidente tem aproximadamente 3,5 milhões de seguidores no perfil do Twitter e, dentre eles, "certamente há crianças e adolescentes e isso já seria o suficiente para se determinar a sua remoção".

Segundo a ação, ao usar suas redes sociais para divulgar este vídeo, o presidente atingiu a moralidade administrativa. Os advogados argumentam ainda que Bolsonaro desestimula o turismo "em sua festa mais icônica e conhecida mundialmente", que é o carnaval.

Além disso, a ação considera que o presidente "atacou diretamente patrimônio cultural brasileiro" por afirmar que o carnaval "'virou' uma cena dantesca". 

Clique aqui para ler a ação.
Processo: 5003125-35.2019.4.03.6100

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 6 de março de 2019, 19h46

Comentários de leitores

13 comentários

Advocacia mediocre

Valter (Prestador de Serviço)

Advogados que se propõem ajuizar uma Ação Popular desta natureza não têm nada de útil a fazer ou são ativistas medíocres da esquerda amorfa!

O carnaval realmente "'virou' uma cena dantesca", mas não por obra do Bolsonaro, mas sim pela corja que governou o Pais nas últimas três décadas.

Pêsames aos advogados!

Que piada

Ivo Lima (Advogado Assalariado)

Estes advogados estão com muito tempo sobrando.

Golden Shower

ABCD (Outros)

Grande mídia exibindo exposição de "arte" com pinturas que escarnecem a fé cristã e criança tocando homem nu em museu = liberdade de manifestação, arte e cultura. Bolsonaro apenas postando um vídeo que demonstra a prática de um crime (ato obsceno), consumado em local público = quebra de decoro. Por favor, chega de hipocrisia e parabéns ao Presidente.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 14/03/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.