Consultor Jurídico

Mercado Jurídico

Por Sérgio Rodas

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Meta ousada

Felsberg Advogados tem novos sócios de penal empresarial e regulatório

Para cumprir a meta de crescimento de 30% até 2019, tanto em faturamento como em número de clientes, o escritório Felsberg Advogados contratou dois novos sócios: André Fonseca e Marianne Albers. Eles responderão, respectivamente, pelas áreas de Direito Penal Empresarial, investigações corporativas e compliance, e de Direito Público, Regulatório e life sciences.

Com 25 anos de experiência na área de Direito Penal, André Fonseca traz para o escritório expertise no acompanhamento de ações criminais, suas implicações e interações com as leis internacionais e aspectos negociais do mercado brasileiro.

Sua atuação também é reforçada pela reconhecida prática contenciosa e consultiva em Direito Criminal em questões legais anticorrupção, lavagem de dinheiro, administrativo e regulatório, tributário, ambiental, trabalhista, antitruste e propriedade intelectual, entre outros. Desempenha, ainda, coordenação de auditorias internas em empresas e investigações de fraudes corporativas, bem como trabalhos de assistência em relação a legislações estrangeiras anticorrupção.

Vindo do Koury Lopes Advogados, Fonseca tem passagens pelas bancas Veirano Advogados, Trench, Rossi e Watanabe Advogados e Podval Advogados Associados. Além disso, foi procurador do estado de São Paulo por nove anos.

Já Marianne Albers tem experiência na representação de empresas perante as principais agências reguladoras brasileiras, como a Agência Nacional de Energia Elétrica, a Agência Nacional de Telecomunicações e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, tanto na condução de negociações de contratos com entes públicos e no acompanhamento de procedimentos licitatórios de alto perfil como na representação de seus clientes em processos administrativos e judiciais.

Na área de Saúde, Marianne atua na assistência estratégica e na representação de empresas brasileiras e estrangeiras em sua interação com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária e a Agência Nacional de Saúde, entre outros órgãos. Oferece suporte no registro de medicamento e produtos para saúde e na obtenção de autorizações, bem como assessoria nos processos licitatórios envolvendo a área de saúde.

Ela também veio do Koury Lopes Advogados e igualmente trabalhou no Trench, Rossi e Watanabe Advogados. A profissional ainda atuou no De Vivo, Whitaker e Castro Advogados e no Machado, Meyer, Sendacz e Opice Advogados.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 9 de fevereiro de 2018, 15h55

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 17/02/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.